30 de dezembro de 2008

2008 em revista

Hoje é o penúltimo dia de 2008. Vamos mandá-lo parar agora um bocadinho e vamos revistá-lo. Tirar-lhe as roupas, os adereços e procurar bem tudo o que ele guarda... todo o bom e todo o mau.
Chegou a uma 3ªfeira cheio de esperanças, de desejos, de vontades... o último ano bissexto da década, designado o ano Europeu para o diálogo intercultural.

Logo em Janeiro morria Edmund Hillary, o 1º homem a escalar o Everest. Foi também o ano em que morreram Suharto, Sidney Pollack, Yves Saint Laurent, Paul Newman, António Alçada Baptista e Harold Pinter.

Foi o ano em que nasceram os gémeos Jolie-Pitt (a verdadeira família multi-cultural).

Ano muito difícil em Portugal... com cheias que provocaram mortos e feridos e danos materiais de valor incalculável. Um ciclone atinge a Birmânia, provocando 102 mil mortos e 3 milhões de desalojados. Ano em que a Rússia invadiu a Geórgia por causa do gás natural...
O ano dos Jogos Olímpicos em Pequim. Por isso, o ano também do reacender da luta pela liberdade dos tibetanos. Luta esta que provoca milhares de mortos e feridos. Mas, independentemente de tudo, indiferentes a toda a pressão internacional, os Jogos realizam-se e são um sucesso. A China investiu ali tudo. Foi a maior manobra de Marketing alguma vez vista. Ano da consagração do grande Nelson Évora e da Vanessa Fernandes. Ano do fulminar do record nos 100m pelo jamaicano Bolt (que como a Verónica bem reparou, acabou por ver o seu mérito ofuscado pelo Phelps). Ano do incrível (não é Hulk, mas quase) e enorme (literalmente) Michael Phelps que conquistou 8 medalhas de ouro nos mesmos Jogos. Incrível mesmo. Citius, altius, fortius.



Ano em que o Federer voltou a não ganhar o Roland Garros. Ano em que a Selecção portuguesa de futebol voltou a desiludir. Primeiro no Campeonato da Europa, brilhantemente ganho pela Espanha. Depois, com a decepção nos jogos de apuramento para o Mundial, sendo que praticamente deitaram o apuramento a perder. O Man United ganha tudo o que há a ganhar e Cristiano Ronaldo ganha tudo... melhor marcador, melhor jogador, bota de ouro, bola de ouro... falta o prémio mais aguardado, melhor jogador do Mundo, mas isso será uma conta para 2009.



O ano da morte do actor Heath Ledger e, estranhamente, o ano da sua consagração no Cinema, com a fantástica performance no Batman. Vai ficar na história do Cinema e disso não há dúvidas.


Ano de Amy Winehouse, de Duffy, de novo album dos Metallica, Coldplay, Keane, Vampire Weekend, MGMT, da tour de Madonna que passou por Lisboa, o regresso de Oasis, AC/DC, Guns'n'roses. Dos Coldplay, uma música já para inspirar 2009, Viva La Vida!!


Pela 1ª vez na sua história, o rally Dakar não se realizou, devido a problemas de segurança na Mauritânia.

Em Portugal assistimos a uma onda de crimes violentos, com carjacking e assaltos a carrinhas de valores e a bancos. O ano Europeu para a tolerância conheceu melhores dias em Portugal. Com o assalto a uma dependência bancária por dois brasileiros e consequente intervenção da PSP que provocou um morto, algumas das ideias dos senhores da extrema-direita portuguesa ganharam voz nos telejornais.
O ano da crise... da subida do preço do Petróleo, das taxas Euribor e do preço de tudo.

Mas nem tudo foi mau em 2008. O Bush ia levando com um sapato na tromba. A crise está instalada, mas está ser superada e há que haver confiança no futuro. A polícia respondeu bem à onda de crime e prendeu muitas pessoas, até mesmo um banqueiro, facto quase inédito. Na história de Portugal tinham sido presas duas pessoas no mundo financeiro: o Alves dos Reis e a Dona Branca. Acho mesmo um bom sinal. Mesmo que o senhor não venha a ser condenado, este tempo que lá está ninguém lho tira! :)

Mas a figura do ano é, sem dúvida, Barack Obama. O primeiro presidente negro dos EUA. Embora eu diga e repita que gostava que ele fosse apenas e só o Obama, nem preto nem branco, apenas e só um homem. Mas nele está a esperança na mudança. Desde o Kennedy que a América não se sentia assim. E com a América, o Mundo. Pode não conseguir nada de facto, mas conseguiu já, e ainda não tomou posse, mobilizar a boa vontade das pessoas, como Blimunda. E pode bem ser que, com toda a boa vontade do Mundo, ele faça a passarola voar.

Em termos pessoais... o mês mais marcante foi Março. Foi um ponto de viragem. É verdade que fiz 28 anos em Março, mas não foi isso que mais marcou... houve ali uns dias no início do mês, ali entre 2 e 7 de Março, não chegou a uma semana, em que muitas coisas aconteceram. A minha mãe caiu no quintal e magoou as costas, a minha sobrinha fez uma ruptura muscular que lhe custou um mês de treino, o meu cunhado sofreu um pequeno acidente doméstico e ia ficando sem nariz, eu atropelei o M., no dia 4, o mesmo dia em que viria à entrevista para o trabalho onde estou hoje, e na sexta-feira, dia 7, o meu irmão teve um acidente e arrebentou o carro. Em Junho, foi mês de a minha avó ficar doente, muito doente mesmo. A senhora da foice veio bater-lhe à porta mas ela não abriu. Já disse, e repito, a avó Nazaré é a pessoa mais corajosa e com mais genica que conheci e queria muito ter nem que fosse um bocadinho da força dela a correr-me nas veias.
Viajei bastante... em Fevereiro fiquei no Estoril e fui ao Cabo da Roca e a Mafra e a Sintra. Em Abril a minha avó fez 90 anos e no 25 de Abril fui ao Alentejo, Grândola, Vila Viçosa e Évora. Em Maio a Manuela veio a Portugal e passou um dia comigo... No Verão a família Rei Pinto veio passar uns dias à Pocariça e em Agosto fui ao Algarve. Fui a Albufeira ver o João :) e fui a Tavira. Em Setembro, foi tempo de ir ao Norte, Porto, Esposende, Viana do Castelo e Ponte de Lima. Em Dezembro fui pela primeira vez à neve.
Mudei de trabalho. Um trabalho que está cheio de imperfeições, mas é um primeiro passo. Sempre disse isso e é mesmo isso. Mais passos virão.
2008 foi um ano difícil a todos os níveis. Foi um ano de mudanças, nem todas boas, foi um ano de crise, um ano de muitas lágrimas. Mas estou aqui. Inteira. Este ano tão difícil serviu para me mostrar que sou capaz. Sou capaz da mudança, sou capaz de suportar coisas más e dar a volta por cima. Foi um ano de consolidação de amizades, das verdadeiras. Foi o ano do nascimento do meu blog. Foi o ano do primeiro passo rumo a um futuro diferente. Um passo pequeno, mas difícil e necessário.

2009... não será fácil. Mas tenho confiança. Vou tentar dar mais um passo em frente. Vou tentar ser feliz. Vou tentar largar algumas das minhas amarras e ser mais feliz. Rir mais, gargalhar mais, passear mais, divertir-me mais, conhecer mais pessoas, e não ter medo. Avanço neste 2009 sem nada que me amarre a 2008 ou ao passado. Avanço confiante que as coisas só podem melhorar. Confiante na minha força e na força dos que me rodeiam. Confiante em mim. De peito aberto e a pés juntos.
A todos, a vocês que me aturam todos os dias, seja a ler-me, seja mesmo a ouvir-me, a vocês que suportaram um post gigante e que persistiram sempre, comigo, a todos vós eu desejo um 2009 em grande. Um 2009 sem olhar às pequenas coisas que nos desgastam e que não valem nada. Persigam a vossa felicidade e deiam mais um passo rumo ao vosso futuro, com confiança que tudo vai melhorar. FELIZ 2009!!
Deixo-vos as palavras de Virgílio, sábias...
Omnia vincit Amor, et nos, cedamus Amori...
:)

19 comentários:

Lita disse...

Uau! Que retrospectiva!!! Tu sabias mesmo isso assim de rajada???? :)
Adorei ler-te, sinto-te tão intensa nas palavras quanto pareces ser nas vivências! Um ano em cheio, hein?
Que o próximo te traga novas histórias, novos significados, muito amor, saúde, e essa intensidade que senti neste post!
Beijos

Verónica disse...

Texto grande, mas que cativa, boa retrospectiva.

Faltou o Usain Bolt, como já te disse.

Kiss

Ianita disse...

Eu sou sempre intensa... acho que é isso que assusta as pessoas. Como te escrevi no teu blog, eu vivo tudo como se fosse eterno, sempre. O sofrimento não ofusca em nada a felicidade que se viveu. :)

2008 foi um ano mau, mas eu sei que 2009 vai ser bom. E eu não minto! :) lol

Confesso que fiz alguma batota. Ainda agora a Verónica me deu uma dica e eu acrescentei o post ;)

Obrigada por tudo e que 2009 seja mesmo um ano em grande para ti e para a tua menina :)

Kiss

Ianita disse...

Verónica: já acrescentei ;)

E faltam muitas mais coisas, mas esta cabeça não dá pra tudo :)

Kiss

@me@@@ disse...

Que ganda post... entra em 2009 com o pé direito, cheia de força, ambição e muita saúde!!!!














:-)

Ianita disse...

Com o pé direito não, a pés juntos! :)

Obrigada e Bom 2009!

Kisses

PAULO LONTRO disse...

Se havia dúvida, aí está...
SUPER - IANITA !!!!!
Um grande 2009 para todos.

Ianita disse...

Um grande 2009 também para ti e para os teus Lontros também! E que a crise se afaste de vez!

beijos

Lize disse...

Bom ano!! Que este só foi bom para o Obama e alguns outros que tais :P

Beijocas

Manuela disse...

Alguem disse-me: "Desejo que em 2009 tenhas tudo aquilo de que necessitas. Se tiveres isso, tens meio caminho andado para teres tudo o que desejas..." Beijinho grande. Umas boas saidas e umas, ainda melhores, entradas xoxoxoxoxoxoxoxo

Manuela disse...

Ah! E sempre bom saber que fui um ponto importante na tua vida em 2008. Mas no mes de Abril... :)

Ianita disse...

Manuela: Fiz isto praticamente de cabeça... sem consultar calendários outros que não os da memória... Como a minha memória é uma valente treta, falhei! LOL

Mas a verdade é que isso pouco importa, foi um dia... e é claro que foi um dia importante. Depois de tantos dias que passámos juntas, tantos que nem lhes dávamos valor, por os termos como garantidos, passámos este... o único em 2008... e tu és uma das minha pessoas, tu entendes-me, tu conheces-me, tu sabes como estou mesmo a um oceano de distância e por isso é claro que não me esqueceria de ti. Jamais. Já devias saber!

Kisses :)

PS: Espero mesmo que 2009 te traga tudo o que queres! Mesmo! Adoro-te!

Ianita disse...

Lize: Podes crer! Foi um ano bastante mau... mas é como disse, estamos aqui... vivos, inteiros... por isso é que tenho confiança no futuro :) tudo vai melhorar! Kiss

Nuno disse...

Feliz Ano Novo.

Isandes disse...

Texto fantástico, congratulations. Não me ocorre + nada, para além dos Paralímpicos.
1 bom ano pra ti! xuac

Ianita disse...

Feliz ano novo patinho! :)
Beijo grande

Isandes: a mim ainda me ocorrem mais coisas, mas... um ano é muito tempo...

Kisses

bono_poetry disse...

...bem...
...gostei da forca e da energia do post....bastante realista e intensa...que este ano que entra seja de reais concretizacoes pessoais para ti e para todos claro...desejo-te um ano de amor e amizade como e obvio e principalmente com muita saude...um tremendo beijo e um gigante sorriso!!!venha mais um...bem vindo 2009!!!

Anita :) disse...

Bom balanço!!!Foi um ano de extremos, com momentos muito bons outros bastante maus, com alguns regressos mas,tivemos também muitas partidas de grandes nomes.

Espera-se um 2009 difícil mas, espero que seja bem melhor que 2008!!

Beijinho

Ianita disse...

Bono: sim, sorrisos :) é disso que precisamos! E a verdade é que com saúde e serenidade tudo o resto se consegue, cedo ou tarde! Um beijo grande para ti, acompanhado de um grande sorriso :) e vais ver que tudo vai melhorar neste 2009 que já aí espreita! Vais ver! Beijo

Anita: Foi mesmo um ano de extremos, mas acho que foi fundamentalmente um ano mau. 2009 vai ser diferente! Aposto! Um bom ano para ti! Beijo