30 de abril de 2009

Carta à Manuela

Já te disse que és linda fantástica e maravilhosa e que te adoro e que tenho saudades tuas? Gostava de poder estar contigo... de poder estar fisicamente presente. Para a ida ao cinema ou às compras ou jantar ao chinês ou simplesmente ficar em casa a conversar...

Agora anda a dar uma novela de indianos... lembra-me "O Clone".... que me lembra de ti. :) E gostava que estivesses do outro lado do sofá a ver comigo... E veres que mais uma vez escolheram mal os actores protagonistas e que a gaja devia ficar com o gajo do casamento arranjado. E veres os bordões e dizê-los comigo... mas não estás do outro lado do sofá. Estás do outro lado do Atlântico. Às vezes tento esquecer-me de ti. Tento não me lembrar dos velhos tempos. Tento não me lembrar da falta que me fazes. E fazes-me tanta falta... tanta tanta tanta... Dói-me a alma de te saber mal e não te poder ajudar. Basta-me esperar que possas ligar... esperar que te tenhas rodeado de pessoas boas e que alguma delas te consiga ajudar. Basta-me dizer-te que estou aqui... sempre.
[Ela vem!! :)]

6 comentários:

Isandes disse...

boa! (nice weekend!)

Ianita disse...

Isandes: ela vem, mas não é ainda! Mais pro fim do mês de Maio, se tudo correr bem! e vai correr :)

Kisses

Rice Man disse...

Que bom para ti (e para ela!)! :) São estas pequenas 'surpresas' que nos ajudam a aguentar o esforço do dia-a-dia!

Ianita disse...

Mr. Rice: já não a vejo há um ano... vai ser muito bom!

Kiss

lilipat2008 disse...

Saudades, saudades...também me sinto assim em relação a algumas pessoas que estão longe...saudade...

bjitos

Ianita disse...

Lilipat: saudades mesmo... mesmo mesmo mesmo...

Kisses