5 de maio de 2009

Adorare

Ora, isto vem do estaminé da menina do batom de cor encarnada :) Obrigada.



As regras são:
1. Colocá-lo no teu blogue (Done)
2. Indicar 10 blogues que adores (só 10? eu gosto de todos... cada um por seu motivo...)
3. Informar os blogues indicados que receberam o selo (todos todos todos aí da lista ao lado)
4. Dizer 5 coisas que adores na vida e porquê.

5 coisas que adoro na vida... isso depende dos dias... nos dias de sossego adoro rebuliço, nos dias agitados gosto de sossego e tranquilidade... há dias em que adoro Safari e há dias em que adoro água... há dias em que adoro sair de casa e há dias em que adoro ficar enroscadinha no sofá. Coisas que adoro todos os dias?

1. A minha família... e na minha família conto com as pessoas que me são próximas... não falo dos primos da Inglaterra, nem na prima da Madeira, nem sequer na tia da Marinha-Grande. Falo nos papás, nos manos que são chatos mas que são meus e os melhores do Mundo e que são 3, porque o meu cunhado é meu irmão. Falo na avó. A minha avó. Exemplo de vida e a pessoa que mais admiro. Falo na minha sobrinha, a minha Sara. A nossa campeã. Falo em duas ou três amigas. Aquelas do peito, de sempre e para sempre e que são família. Mais família que os primos de Inglaterra.

2. Adoro a vida... viver... respirar... olhar... ver... ouvir... sentir... saborear... os meus 5 sentidos em tudo. O Mundo e todas as suas excentricidades... em todas as suas diferenças... e em todas as suas possibilidades. Por pior que esteja... a possibilidade que jaz nas nossas mãos, de fazer melhor.

3. Viajar... viagens físicas e mentais. Viagens dentro e fora de mim. Enjoo sempre, mas vou. Não desisto da grande viagem da vida. Se estiver mesmo mal-disposta.... ora, paro o carro, vomito e sigo viagem. Gosto do caminho, mas também gosto muito dos objectivos alcançados e vencidos.

4. Liberdade... gosto de poder ser independente. Gosto do tempo em que nasci em que posso dizer o que penso. Posso ter blog e posso ter opiniões e posso dizê-las a alta-voz. Liberdade que impõe responsabilidade. Consciência da liberdade alheia. Liberdade que foi conquistada para mim e que eu respeito e agradeço. Sempre.

5. Adoro ser mulher. Feminismos à parte. Não gosto de machismos e também não gosto de feminismos. Sinto-me bem neste corpo de mulher, que é meu e onde me reconheço. Se tive outras vidas, acho que fui sempre mulher. Mulher de armas. Mulher lutadora. Mulher independente. Mulher guerreira. Mulher frágil. Mulher carinhosa e mulher má. Feminina. Assertiva. Perigosa. Segura. Mulher. Eu.

16 comentários:

Brigitte disse...

Olha que bela descrição da tua pessoa!!!

:)

Ianita disse...

Brigitte: bela não diria. Descrição. LOL

E que tal responderes?

;)

Luisa Moreira disse...

És determinada! Sabes o que queres! e sem te conhecer, fiquei, quase, a conhecer-te! Sê Como és, verdadeira.....

Ianita disse...

Luísa: eu verdadeira tento ser sempre... principalmente comigo e, por extensão, com os outros.

Kisses

Mag disse...

Estas tuas descrições têm tudo a ver com a "imagem" que venho tendo de ti, que engraçado ;)
I like it!

PAULO LONTRO disse...

Posso desafiar-te a mais um ponto ?

6. Amizade

Ianita disse...

Mag: para o bem ou para o mal... what you see is what you get... bem... nem sempre ;)

Paulo: os meus amigos são a minha família. :) Mas podes sempre desafiar-me! Aliás, tu fazes-me sempre pensar :)

lilipat2008 disse...

Por poucas palavras, agarras a vida com unhas e dentes...:D

Quanto ao enjoo, já somos duas. Eu sofro do síndrome do enjoo do movimento (só p'ra ser chique) e por isso cresci rodeada de Enjomin e, mais tarde, Primpéran. Desde que fui para a universidade comecei a perceber que não podia tomar aqueles comprimidos todas as vezes que vinha a casa...as viagens começaram a aumentar e os comprimidos começaram a provocar um dos seus piores efeitos secundários. Como tal encontrei formar de evitar os comprimidos...técnicas que me ajudem a não enjoar. Se quiseres, depois dou-te umas dicas.

:)

bjitos

Ianita disse...

Lilipat: lembro-me de uma vez que ia com os meus pais para o Algarve ter começado a vomitar na Batalha... E, já adulta, tive de obrigar uma amiga minha a parar o carro entre Coimbra e Cantanhede, algures na Geria, uns 10km depois de termos saído de casa...

Os comprimidos não resultam comigo. O que resulta é: carros sem cheiro a estofos; nada de ar condicionado; estômago nem cheio nem vazio; bexiga vazia; noite bem dormida... se ainda assim enjoar, para mim ajudam alimentos salgados, tipo batatas fritas... ou cheirar laranjas... sei que é esquisito, mas...

Quanto à vida... roo as unhas, por isso... :)

Kisses

Rice Man disse...

:) Se não fosse pela parte do prémio (bem merecido) este post poderia chamar-se "Guidelines for Harmonious Living" (como num episódio do 'How I Met Your Mother')! Quem publicou o livro "O Segredo" anda a enganar-nos! Tu é que o tens! ;) Fiquei super bem-disposto depois de ler isto! :)

Ianita disse...

Mr. Rice: estou longe de deter segredos... e a minha vida está longe, muito longe, de ser harmoniosa... ainda assim, se dá para o pessoal ficar bem disposto, fico contente ;)

Kisses

lilipat2008 disse...

Acho que o teu caso é pior que o meu...o sítio mais perto que me fazia vomitar era a Mira de Aire, por causa das curvas. Mas isso enquanto criança. Agora já não. Os truques a que eu me referia são:
- de carro: se não puder ir a conduzir ir no lugar ao lado do condutor.
- de autocarro: o mais à frente possível.
- de comboio: ir sentada virada para a direcção que vou.
- seja qual for o transporte, ir sempre direita, a olhar para a frente.
- não ler (costuma-me fazer a cabeça tonta).
- janela um pouco aberta (apanhar ar ajuda sempre).
- ir parando no caminho sempre que possível.
- etc, etc, etc.

Essa das laranjas nunca tinha ouvido...:P

bjitos

Ianita disse...

Lilipat: eu nem posso ver o mapa, nem quase ler as placas :)

E também vou sempre de frente. E já uma vez fiquei mal disposta a conduzir... foi algures entre Vila Nova de Milfontes e Grândola... o GPS mandou-nos pelo meio da serra... eu tinha comido umas moelas que tinham um bocado de pimento... estava super mal disposta!!

E essa da janela... é o pessoal a tremer de frio e eu de janela toda aberta! :)

Se não contares a ninguém, digo-te que há uns meses fiquei mal diposta a ir daqui do parque de estacionamento até ao refeitório... mas a culpa foi do carro que era novo e cheirava a estofos novos e tinha ar condicionado...

Kisses :)

Ianita disse...

Lilipat: esqueci-me... isto das laranjas não sei de onde vem... lembro-me de ser miúda e de a minha mãe me dar laranjas a cheirar e resultava. Mas mesmo bom é o sal!!

Sayuri disse...

Que excelente descição tua! Gostei!

Ianita disse...

Sayuri: ou serei uma grande mentirosa? :)