21 de maio de 2009

Devagarinho...

O selo e o desafio vêm da Noiva . Obrigada! :)

As regras são:

1. Publicar a imagem do selo e linkar o blogue que passou (done!)

2. Escolher 5 situações na tua vida que mereciam ser repetidas em câmara-lenta (já a seguir...)

3. Passar o desafio e o selo a 12 blogues e avisá-los (todos!!)


O tempo é sempre o mesmo... a nossa percepção dele é que não. Houve momentos da minha vida que foram vividos em câmara-lenta... pela ansiedade... as provas da Sara... aqueles menos de 30 segundos duram uma eternidade... como se víssemos cada músculo a contrair e a mexer... outros momentos há em que tudo passa a correr... olhando para trás, e como pede o belo do desafio, destaco 5 momentos que não foram vividos em câmara-lenta e que mereciam ter sido vividos assim.... devagar... a saborear cada sensação...

a) O meu primeiro dia de escola.... lembro-me muito bem dele.... aconteceu de tudo... inclusivamente fiquei de castigo :) mas foi um grande dia!

b)Uma tarde de Agosto de 1995... uma tarde quente... uma festa de aldeia... a única vez que me apaixonei à primeira vista. E foi tão bom!

c) O meu ano de caloira... chorei rios de lágrimas porque tive o coração partido... mas também parti um coração (o do rapaz das flores todos os dias)... e foi o ano mais divertido de sempre. Gostava de ter aproveitado ainda mais... eu sei que não ia às aulas. Eu sei que só não saía na véspera dos exames... eu sei que conheci muitas pessoas... mas podia ter conhecido mais... e podia ter olhado melhor para as pessoas que passaram pela minha vida nesse ano... gostava de poder revê-las a todas... mas mais devagar... sem tanta sofreguidão.... com mais calma.

d) Algumas aulas à minha turma de Português do 10º-1C em Cantanhede... houve aulas memoráveis. Gostava de poder revê-los... naqueles dias... rever o seu sentido de humor... as piadas parvas... a inteligência.

e) Um abraço apertado.... um abraço apertado de quem se ama nunca demora tempo suficiente. Recordo os da minha avó. Os da Sara. Há abraços que gostava que se tivessem prolongado no tempo... ad aeternum.

7 comentários:

Verónica disse...

Eu diria a primeira vez (e a segunda, a terceira, a quarta...) que estive com a pessoa que gosto.

Bj

Hélio disse...

Uma viagem ao passeio da Memória :) Faço-o muitas vezes... vezes a mais, se calhar... mas sabe tão bem... :D
Beijoca grande

ianita disse...

Verónica: tens bom remédio... pra próxima... saboreia... prolonga... in slow motion :)

Hélio: sabe muito bem mesmo! Kiss

Rice Man disse...

A coisa boa desses momentos é que tiveram todos o seu tempo. :) Se os vivêssemos todos os dias acabariam por perder um pouco da sua magia... Assim, relembrando-os de vez em quando (e em câmara lenta, se quisermos), não só a retêm como provavelmente ainda ganham mais alguma.

ianita disse...

Mr. Rice: sim... dificilmente percebemos a importância dos momentos quando os vivemos... só quando passam pelo filtro do tempo percebemos...

lilipat2008 disse...

Estes abraços são deliciosos...sim, concordo contigo, também os quero compriiiiiiiiiiiiidos...:)

bjitos

ianita disse...

Lilipat: siiiiimmmmm :)