25 de maio de 2009

Para sempre

Por que Deus permite
que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enrugada,
água pura, ar puro,
puro pensamento.
Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade.
Por que Deus se lembra
— mistério profundo —
de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho.

Carlos Drummond de Andrade, in 'Lição de Coisas'


Ser mãe é conquistar para si a eternidade. É dar tudo sem esperar nada. E o nada que se recebe é o tudo que é a vida. É o sorriso. É o dançar na rua. É o bater de pestanas. É um beijo. É a felicidade do ser que saiu de si. Um amor maior que a vida.

Parabéns Nana. É o teu dia. Mas parabéns à mamã, que está prestes a duplicar a eternidade. Porque Mãe é eternidade. Beijinhos!

8 comentários:

Mag disse...

Muitos, muitos parabéns à Nana e aos papás :)
(E à Ianita pela lembrança doce...)

ianita disse...

Mag: eu não me lembrei... mas vale a intenção, acho eu :)

Kisses

Estreliña disse...

Que texto tão doce!

Vou "oferece-lo" à mnha mãe que faz aninhos amanhã!

beijinho

ianita disse...

Estreliña: as mamãs merecem tudo. :)

Beijinhos!

Lita disse...

Ok, aqui há um "complôt" de mimos, não é?

Amiga querida, obrigada! Algo que me diz que a princesa vai adorar ler estas coisinhas todas! :)

ianita disse...

Lita: quando são merecidos, não há complôt! :)

Beijinhos eterna Lita :)

Rice Man disse...

Não acredito que vou citar Tony Carreira mas...

"Mãe querida, mãe querida
O melhor que a gente tem
Não há outro amor na vida
Igual ao amor de mãe!


:P

Muitos parabéns às duas! :)

ianita disse...

Mr. Rice: MEDO! isso é ainda pior que Tony Carreira... essa música é de um projecto que envolveu imensos senhores e senhoras da música popular portuguesa (dita pimba!). LOL