16 de janeiro de 2011

A primeira quinzena. Cheia de limpezas. De roupa lavada e estendida. De tralha e mais tralha e mais tralha. E tanta tralha que ainda falta trazer.

Muita televisão. Muita net. Muitas torradas com chá. Água no saco de água quente.

Já tive visitas. A família Angélico hoje. A mana e cunhado no Domingo passado. A Monga no outro Sábado, com quem bebi um chá como antigamente. Mais visitas hão-de vir. Das pessoas que me querem bem.

Fiz tudo sozinha. Arredei móveis, lavei estores, decorei. Carreguei sacos e mais sacos e mais sacos. Fiz compras e mais compras. Cozinhei. Espirais carbonara. Frango de caril com coco e amêndoas. Arroz de tamboril hoje para o almoço. A família cá a almoçar pela primeira vez. Pela primeira vez a mesa posta para mais lugares. Uma toalha bonita. O cesto do pão. A garrafa de vinho e o saca-rolhas bonito. O arroz que ficou no ponto. O meu irmão que repetiu 3 vezes. O café no centro da vila.

Sei que só se passaram 14 dias. Duas semanas. Mas gosto muito de viver aqui. Sinto-me bem. Estou feliz. Na bancarrota, mas feliz :)

10 comentários:

Vera Angélico disse...

E eu feliz por te saber assim. Talvez não te tenha dito, mas saí daí com o coração cheio!

(Finalmente, vamos dando passos no sentido certo. Finalmente, aceitamos o bem. Tu lutaste pelo teu bem, e estás a colher os frutos...)!

Beijos.

Sofia disse...

Que bom... Sabes, se não tivesse terreno e fizesse a casa aqui...o lugar onde eu adorava viver era na Batalha.
There you go, girl!

TM disse...

:)

Sayuri disse...

Esse periodo inicial é dos que mais nos preenche nessa fase de saida do ninho. Que sensação de liberdade! Não é? :)

Textículos disse...

Boa! Muitas felicidades nesta nova aventura!

ianita disse...

Vera: ainda bem que vieram... e espero que venham mais vezes... para um chá, um almoço, um lanche, um jantar... para um passeio, para um olá. Mas venham.

Estamos tão melhor que há um ano atrás... estou feliz. Pelos caminhos partilhados e pelas conquistas.

Beijos muitos e obrigada

ianita disse...

Sofia: já estava a desesperar... só me apareciam coisas de jeito em Porto de Mós e eu não queria mesmo nada ir para Porto de Mós. O castelo é lindo, mas a vila é muito na serra... longe de tudo. A Batalha é um oasis. Linda, limpa, organizada, com feiras espectaculares, concertos... e simplicidade :)

ianita disse...

TM: Podes crer! :D

Sayuri: nem é muito por aí... já vivi fora de casa 8 anos... neste momento não me sinto livre, mas sim leve. Em harmonia. Em paz. E é muito muito bom :D

ianita disse...

Textículos: tenho a comunicar que, à falta de organização aí por Lisboa, estamos a apontar o fim-de-semana de 19 de Fevereiro para virem cá acima. Nada de hoteis, pelo menos não para mim que ando tesa lol. Quem quiser vir tem guarida. Comemos. Bebemos e levamos a Gata Verde ao castelo de Leiria :) Alinhas?

Dylan disse...

Tenho andado um pouco desaparecido.

Pelo que percebi, viver sozinho não é nada fácil, principalmente para os bolsos (vazios!)...
Felicito-te pela coragem e determinação, longe do reboliço insuportável das grandes cidades.