15 de maio de 2011

Peso Pesado

Gosto de ver. Mas acho que tenho de deixar de o fazer. Em vez de me motivar a perder peso, o programa deprime-me. Em vez de olhar para aquelas pessoas e pensar que tenho de fazer tudo para não ficar como eles, como chocolate. E sinto-me mal por estar a comer chocolate, mas não consigo não o fazer. 

No fim do mês volto aos divãs, mas não me apetece. Porque vão ver que achei os quilos todos que perdi no ano passado. Porque vão ver que falhei. Que não estou a conseguir vencer absolutamente nada. E se tantas vezes ficaram felizes pelas minhas conquistas, sei que vão ficar desiludidos. Pior. Sou eu que vou reflectir neles a minha desilusão. Mesmo que não a sintam, é o que eu vejo. Nos olhos dos que convivem comigo. Colegas. Amigos. Família. E não precisam dizer nada. Eu ouço o que os vossos olhos dizem. 

Mas estou demasiado cansada. Cansada desta luta. Cansada de não ser normal. Cansada de tudo e de todos. Mas acho que no fundo estou é cansada de mim.

3 comentários:

Vera Angélico disse...

Eu não gosto do peso pesado (talvez por ser mega fã da versão americana), e muito menos gosto da forma como é explorada a vida pessoal dos concorrentes. E não tenho visto.

Não me parece que nos divãs fiquem desiludidos contigo. Nem sequer é esse o trabalho deles. É importante sim saber o porquê desse teu desânimo. E fazer tudo para que passe depressa...


E não... os amigos daqui de casa não estão desiludidos contigo. Nem vais ver nunca desilusão nos nossos olhos. Estás cansada, e é normal com o que tens feito. Mas este mês já vai a meio, e vai passar tão depressa quanto possível.

Força... e aguenta... porque vai passar e no final vais olhar para trás e vais ver que conseguiste. Que foi mais uma das tuas conquistas!

Beijos.

Sayuri disse...

Há alturas de cansaço extremo e vontade enorme de desisitir de tudo e mandar todos à merda. São fases... sejas peso pesado ou peso pluma.
Aceita esta fase; ela passará e voltarás a ganhar as forças que te ja sao tipicas!
beijos

Isandes disse...

Cheer up! És demasiado especial para não curtires casa momento. ********