12 de junho de 2008

Ingratidão

Ontem ouvi um comentário que não entendi.
Hoje pedi esclarecimentos (eu sou assim um bocadinho loura e por isso é que as coisas demoram...).
Fiquei mesmo muito feliz com a vitória portuguesa, que ainda beneficiou da derrota suíça e assim garantiu, não só a passagem aos quartos de final, como o primeiro lugar no grupo.
Mas fiquei também muito feliz com a notícia da saída do Scolari. E não, não considero que seja ingratidão.
Em primeiro lugar: ninguém pode negar que ele tem uma grande equipa.
Em segundo lugar: o que impediu, por exemplo, Humberto Coelho de levar a Selecção a uma final de um europeu, foi um acidente, um erro, que deu em penalty no prolongamento. Ou seja, não fomos cilindrados pela França e um penalty daqueles pode acontecer a qualquer equipa em qualquer momento. Basta para isso estar lá!
Em terceiro lugar: um bom treinador vê-se pela táctica que utiliza e pelo modo como a adapta aos jogadores que tem disponíveis, ao adversário e a muitas outras coisas que agora me escapam.
Em quarto lugar: foi muito bom termos chegado à final do Euro 2004, mas, ao contrário daquele jogo com a França em 2000, este jogo com a Grécia foi muito mal jogado. E não foi por azar que perdemos. Peço desculpas, mas é assim.
Em quinto lugar: Podem até argumentar que a Grécia, para chegar à final, teve de derrotar boas selecções. Verdade. Mas nenhuma delas jogou 3vezes contra a Grécia no prazo de um mês. Repito, num mês perdemos TRÊS vezes contra a Grécia.
Em sexto lugar: Fizemos, de facto um bom Mundial, mas fizemos um apuramento da treta para este Europeu e vamos lá ver se não trememos frente à Polónia, se forem eles a ficarem em segundo lugar no Grupo B.
Em sétimo lugar: Não lhe devemos nada, porque ele ganha dezenas de milhares de euros para fazer meia dúzia de jogos por ano e ir de 15 em 15 dias à Federação.
Em oitavo lugar: Agora, que ainda por cima vai para o Campeonato inglês, vai ter de fazer dois jogos por semana, é que eu quero ver como é que ele se desenrasca.
Em nono lugar: Nós temos uma grande selecção e ele só tem de os pôr a jogar. Porque não me venham dizer que ele treinou muito os jogadores porque todos sabemos que é mentira, já que esta fase de preparação foi mais marketing que outra coisa. Pareciam focas amestradas! Só faltava mandarem-lhes amendoins!
Em décimo lugar: Não tenho mais nada a dizer, mas já agora, ficam dez motivos por que o Scolari não presta. :)
Só espero que não se lembrem de ir buscar um Peseiro ou um Manuel José (como ainda ontem ouvi, benza-me Deus!), porque é maior a emenda que o soneto. E se estou a ferir susceptibilidades, desculpem-me, mas quem não está a treinar é porque não é bom. Ponto. E há outros que estão a treinar e que também não são bons, mas isto já sou eu que sou implicativa, né?

2 comentários:

Verónica disse...

A primeira razão li, a segunda já não li com olhos de ler e a partir da terceira perdi-me completamente, mas acho que deves ter dito umas coisas muito acertadas! E mais, acho que podias facilmente ter chegado às 20 razões, ou 30 ou 50, ou até mesmo, porque não, 100. Loool

Ianita disse...

Confesso que nas 10 ´já não tinha nada para dizer, mas não ia parar na 9 pq parecia mal :)

Acertada ou não, é uma opinião...