21 de agosto de 2008

História, história, estórias...

A verdade é que todas as representações do real não passam de meras ficções. Tudo é ficção. Tudo é estória. Tudo é subjectivo. Nem sempre um mais um são dois. E ainda bem!

4 comentários:

Verónica disse...

Sim, temos necessidade de analisar/compreender tudo. No caso da história, tirámos a conclusão que ela é cíclica, os erros cometidos agora não são novos, ou seja, apesar de exemplos passados, o homem continua a errar... errare humanum est

Ianita disse...

Se tudo fosse racional, calculável, se um mais um fossem sempre dois, a vida não teria piada :)

Manuela disse...

Tudo isto e fado!!!

Ianita disse...

Não poderia ser outra coisa? Assim mais para o alegrito... ;)