13 de outubro de 2008

So thank you, for the roses... for the roses...

Os dEUS vêm a Portugal. Não, infelizmente não vou ver. Mas este grupo faz-me andar no tempo. Para os tempos do Buraco Negro. A quantidade de boa música que ouvi pela primeira vez naquele bar... Placebo, Smiths, dEUS...
Um local mítico em Coimbra, onde eu passava as minha noites. Podia até ficar sozinha, porque ali eu sabia que o pessoal estava mais preocupado em beber copos e em dançar do que em chatear raparigas (como nos outros "talhos" da cidade). Muitas noites fantásticas e memoráveis passei nesta meia dúzia de metros quadrados que já não existem como os conheci...



O Buraco Negro é um marco incontornável na minha experiência académica, na minha vivência de Coimbra. Desde o Clube dos Gambuzinos à sua extinção, aquando da saída do Bréd Puto de Coimbra, todo o degredo, toda a alegria, todas as pessoas, todas as sandes de bacon, todos os jogos de Trivial, todas as histórias, todos os packs de Safari :)


A relembrar os velhos tempos, fica For the roses, dos dEUS. Espero que gostem.











Rose said quote it's time to make a mess



Time won't be soon mine in time I guess



She's painting on my back a beautiful flowerpot



And she treats me she treats me she treats me like her local god




Rose said quote it's time to make a mess



This one's yours and yours is self obsessed



She's painting on my back a green tom, the Beefheart one



And she cuddles and she coos and she cuts the bullshit I confessed





She said: "Don't look my way



What can I possibly say



I've never seen you before today



I'm just the one that makes you think of the one



that makes you feel like you're the one.
"But thank you for the roses for the roses



So thank you for the roses for the roses



Thank you for the roses for the roses (2 times)





(...)

16 comentários:

Ska disse...

Estiveram cá há um par de meses atras, em paredes de coura ;)

Nuno disse...

O Buraco marcou sem dúvida a nossa geração coimbrã.
Boa música, packs de bebida fantásticos, a preços ainda mais incríveis (1.000$00 - 8 cervejas), o shot morteiro, que era mesmo um morteiro, loucas, muito muito loucas, enfim, só boas recordações, até mesmo daquela noite em que me perdi na pista de 4 ou 5 metros quadrado.

LP disse...

Thank you, for the ro... the music, for the music!

Beijinhos :P

Ianita disse...

Ska: há muita coisa boa a passar-se por aí e eu sem me aperceber, como neste caso... :)

Patinho: Essa noite foi das mais hilariantes da minha vida! Faz parte dos anais da História e fará enquanto eu me lembrar! (E fui eu que te peguei pela mão e te levei à casa de banho...) ihihih :) Lindo!

Lp: :)

Kisses

Dawa disse...

Ai ai! E Coimbra é Coimbra! Não há mais que se diga.
Esse Bar devia ser mesmo interessante, pelo menos o som era bom.
Beijinhos!

Brigitte disse...

Boa musica...
beijos
:)

Ianita disse...

Dawa: O Buraco Negro era... nem há palavras! :) Não sei como teria sido sem ele... Não sei como é agora, que já não existe...

Brigite: :)

Verónica disse...

Já sabes que sou de outra opinião: Viva o extinto "Clube de Ragueby"!

Ianita disse...

O Clube de Rugby não é extinto. Ainda subsiste, não sei bem como, mas subsiste.

Quanto à diferença de opiniões... pois se toda a gente concordasse comigo não tinham fechado o Buraco Negro.

Kiss

Verónica disse...

Pode até existir alguma coisa naquele espaço, mas o meu "Clube de Ragueby" já não existe...

Ianita disse...

Continua com o mesmo nome e a ser o mesmo degredo. :)

Mas é lógico que não é o "mesmo", porque quem faz os sítios são as pessoas. E aquelas, as que connosco fizeram estes lugares, já não estão lá.

Kiss

Manuela disse...

Ai que saudades do "Buraquinho"!!!

Manuela disse...

O buraco como era nao foi propriamente fechado. Foi vendido e quem o comprou so se preocupou em ter o lugar a abarrotar e nao em manter os clientes. Clientes esses que faziam casa cheia de segunda a sabado (ao domingo estavam fechados...). E nao, nao estou a exagerar. Em relacao ao degredo que era (e continua a ser) o raguebi, recuso-me a comentar ;)

Ianita disse...

O Buraquinho não existe, tal como o conheci... mas existe um bar no seu lugar...

As pessoas que faziam a casa cheia todos os dias, e não apenas e só às 3ª e 5ª, sentiram-se defraudadas com o que a nova gerência lá fez...

Tenho muitas saudades. De haver um lugar onde me sentia tão bem, mesmo sozinha. Mas tenho saudades principalmente das pessoas com quem lá ia.

Kisses

Puto disse...

Hello monga!! Caso não saibas também costumo vir dar umas espreitadelas ao teu blog... E quando li o texto e ouvi a musica deu-me aquela sensação na barriga... Deve ser fome concerteza...:) Agora a sério, ainda estou arrepiado... Bons tempos... Ái Coimbra.... Bjoca Grande!!
PS: Tou pra ver qd me mandas as belas fotos do antes e depois... Vá lá que eu quero fazer um anuncio do TIde....

Ass: Bréd Puto

Ianita disse...

Hello Puto!

Tenho aqui as fotos... qualquer dia publico um antes-depois, mesmo mesmo à TIDE :)

Continua a aparecer!

Kisses :)