9 de fevereiro de 2009

Transplantes

A solidariedade tem destas coisas. Muitas vezes pessoas perto de nós sentem o que sentimos, doem quando nós doemos, sorriem quando nós sorrimos. O meu carro tem uma relação assim comigo. O meu coração não anda bem e o coração dele resolveu também morrer. Foi ontem de manhã. Ainda tentámos ligá-lo às máquinas. Dar-lhe uns choques, mas de nada adiantou. Tivemos mesmo de recorrer ao transplante. E sendo que o dinheiro todo que pagamos em impostos e selos e inspecções e seguros não cobre estes tratamentos de urgência, tive de ir eu mesma comprar o órgão, não disponível no serviço nacional de saúde dos automóveis. Depois de há três meses o ter levado a fazer um check-up daqueles de 400€, desta feita, o transplante de bateria ficou em 50€, porque escolhi um órgão genérico e não de marca (desculpa bolinhas, mas os tempos são de crise), e porque quem fez a operação foi o meu pai e não um cirurgião reputado e credenciado.
Agora está em recuperação, mas parece-me que está bem. A doença foi apanhada a tempo. Embora esteja enternecida com esta demonstração de amor e carinho por parte do meu bolinhas, espero mesmo que ele nunca mais me pregue uma destas!!!! Tenho dito! Ainda para mais no mês em que vou de férias! Até parece que não quer ir comigo... Mas vai! :)

8 comentários:

Lita disse...

Os nossos carros são a continuação de nós. Mostram-nos sempre quando algo está mal.

O meu, o ano passado, morreu de sobreaquecimento na ponte 25 de Abril. Pura e simplesmente morreu, porque eu não o escutei devidamente. No meu caso, o transplante foi de motor... e percebi que teria de parar e escutar-me de não queria entrar em sobreaquecimento.
:)

Ianita disse...

Faltar-me-á a energia? Estarei À beira do colapso total?

Maçã com Canela disse...

Eu é o seguro deixa la....
Porra... uma pessoa mata-se a trabalhar, para acumular horas que ninguem deixa tirar!
Férias.. onde é que elas andam???!!!!

Dá vontade de desistir... o que vale é que o sorriso dos meus 23 miudos me vai mantendo.. senão acho que não aguentava

Força

Ianita disse...

Férias... no fim do mês... pelo menos uma luz :)

Kiss

Isandes disse...

COINCIDÊNCIA!!!! o meu tb teve de ir ao médico hoje; começou a desmaiar, tb lhe meti o defibrilhador, mas precisa é de transplante. amanhã médico apresenta a conta; depois partilho choque... kiss

Ianita disse...

LOL

E são caros para carago, a porcaria dos transplantes... Fogo!!

Kiss

PAULO LONTRO disse...

LOL LOL LOL LOL ....
adorei a escrita!

Os carros e as gajas têm uma relação curiosa........

Ianita disse...

Nós temos aquela relação íntima em que um não percebe nada do outro! :)

Agora já sei onde está a bateria... e sei mudar pneus! Acho que já não sou 100% ignorante! :)

Kiss