22 de maio de 2009

Haverá algo mais verdadeiro que a vida?

A Delta é uma grande empresa. É portuguesa e em tempos de crise não só não despede pessoas, como contrata. Aposta na inovação, aposta nas pessoas e os resultados vêem-se. O sr. Nabeiro deixa todos os dias a sua marca no país, mas principalmente em Campomaior onde é visível a admiração que as pessoas têm por ele. Em termos de Marketing estão quase sempre um passo à frente. As campanhas são normalmente de extremo bom-gosto. Como esta, tão simples, nos pacotes de açúcar, sobre o lema da empresa "a verdade do café".


"Haverá algo mais verdadeiro do que vencer a força com a razão?"



"Haverá algo mais verdadeiro do que cantar sem música?"


"Haverá algo mais verdadeiro do que reinventar a qualidade?"


"Haverá algo mais verdadeiro do que ser pessoa entre a multidão?"

23 comentários:

bono_poetry disse...

A permissão, implorada ao destino, foi-me concedida

hoje posso amar-te mais que ontem e ainda assim sentir-me livre.

Posso sentir isso como os pássaros esvoaçantes na primavera

e ainda assim posso amar-te.

As minhas convicções não se desfazem, mesmo que não as queiras

e pode não haver esperança nelas

mas ainda assim posso sentir-me livre

porque são minhas,fui eu que as fiz.

Alterei caminhos para que te encontrasse

e ainda assim sou livre,

a liberdade pode aprisionar-me na solidão

mas as minhas convicções não se desfazem.

Ainda assim posso amar-te,

ainda assim posso ser livre,

ainda assim posso ter as minhas convicções

mesmo que esteja só.

olha e porque a verdade esta no que somos e nao no que outros querem que sejamos,e porque a verdade esta tambem naquilo que queremos ser,mesmo que o caminho seja duro e so nosso,e porque adoro a vida mesmo quando a luz e curta,e porque a dor de cabeca me mata hoje mais que ontem,e porque sei que es espirito bom e te apetece as x ser so pessoa,deixa que te deixe um sorriso que ninguem ve e que so eu te posso dar...


O sr comendador nabeiro e as suas empresas espalham sorrisos por milhares,quem sabe milhoes de pessoas e porque ele ajuda este sorriso e tambem para ele!

um dia quem sabe volto a beber um cafe com ele...

Luisa Moreira disse...

É preciso imaginação, sensibilidade, compreensão e ter uma cabeça arejada que compreenda que é a simbiose entre os veteranos, conhecedores do negócio, e a juventude que leva ideias novas, que fazem uma Empresa de sucesso.........

ianita disse...

Bono: sempre fui uma pessoa de palavras... entendo-as e elas entendem-me... conhecemo-nos bem... somos quase amigas, mesmo quando elas me falham, como é agora... o poema é lindíssimo. E porque sinto o poder das palavras, não o diria se não o sentisse. A liberdade é isso mesmo... e sentimo-la mesmo quando estamos presos, enleados na vida...

Sabemos quem somos e isso faz o caminho ser mais nosso. Mesmo quando não é.

Sinto a vida pulsar dentro de mim... às vezes parece que em foge... que corre à minha frente. Já tentei correr atrás dela, mas só me cansei. Percebi que se me sentar um bocadinho ela se cansa de correr e volta para trás, para mim. E então recomeçamos o caminho.

O importante é isso, não é? Independentemente das dores de cabeça e de alma.... termos a capacidade de recomeçar, de nos renovarmos a cada esquina da vida. (e brincando um pouco, se te dói a cabeça é porque a tens!)

O sr. Comendador por acaso acho que seria uma excelente companhia para um chá (que a delta também fabrica, e isto porque aqui a menina não bebe café sem ser com leite).

Kisses e OBRIGADA!

ianita disse...

Luísa: é preciso ser-se Homem. Ser-se pessoa com letra maiúscula. É difícil, mas é destas pessoas que reza a história... e ele vai ficar na história.

Kiss

Lita disse...

Minha querida, este teu post é aquilo que eu chamo verdadeiramente de Pequenos Pormenores.

Quanto ao sentir a vida e à correria de a viver, uma professora que muito admiro dizia muitas vezes que não é a vida que nos acontece, mas nós que acontecemos à vida. É uma questão de deixar fluir.
Abraço apertado.

ianita disse...

Lita: é nas pequenas coisas que está a essência da vida...

No outro dia, a propósito daquele selo dos momentos em câmara-lenta, comentava no blog da Noiva que era engraçado que passávamos a vida em busca de coisas, em busca do santo graal, em busca sabe-se lá de quê, mas quando temos de escolher momentos que queríamos rever nunca são esses por que lutámos... são pequenas coisas que nos aconteceram... pequenas coisas que fizemos acontecer... pequenas coisas que não sentimos na altura, mas que nos mudaram a vida.

Voltamos ao instante mágico que nos rodeia a todos os segundos do dia... e ele não está nas grandes coisas, nas questões existenciais... ele está em nós. Ele está nas coisas que nos rodeiam e que são verdadeiramente importantes.

Sempre disse a alto e bom som que quero viver e não apenas passar pela vida. Quero poder ser uma verdadeira "de Nazaré" como tem sido a minha avó e como foi a mãe dela e a mãe da mãe dela... pessoas que olham para trás e dizem "caramba! foi tão mau, mas foi tão bom!".

Eu quero e vou viver!

@me@@@ disse...

EXCELENTE... não conhecia ainda!



:-)

ianita disse...

@me@@: eu fui buscar o cafézinho para misturar no leite e dei com o Camões no pacote de açúcar... e depois andei à procura de outros e encontrei... não sei se haverá mais.

:)

Verónica disse...

Muito bom, também não conhecia.

As marcas de café costumam surpreender pela positiva com as estratégias de marketing.

ianita disse...

Verónica: muito bom mesmo. Basta uma imagem e uma frase bem conseguida...claro que para chegarem a isto demoram meses, mas pronto :)

Joni disse...

Excelente, o sr Nabeiro é o exemplo do que deve ser um empresário. não virado pro lucro pessoal, mas dando o seu contributo valoroso para o meio em que a sua empresa se insere. do sr Nabeiro fica-lhe a matar a pronuncia alentejano. beijinho
(só bebo delta)

ianita disse...

Joni: eu como não sou apreciadora... eu é mais café com leite! :)

E sim... um grande exemplo.

Kisses

PAULO LONTRO disse...

Claro que a empresa é virada para o lucro e muito felizmente!
Mas concordo que este homem é diferente, eu sou seu cliente e já tive oportunidade de conversar algumas vezes com ele, lembro-me que uma das vezes foi sobre Timor e sobre a escola que ele lá construiu.

A Delta é uma empresa especial porque é dirigida por uma homem muito especial, pergunto, como vai ser quando ele partir...???

lilipat2008 disse...

Adoro esse senhor...deveria ser um exemplo para todos nós. A Delta anda agora a fazer uma outra campanha de louvar...a reciclagem de máquinas; não sei como funciona, mas sei que andam a trocar as máquinas antigas por maquinas de capsulas. Para além do facto de ser o melhor café do mundo...:D

see you later ;)

ianita disse...

Paulo: claro que querem lucro! Mas podiam ter mais lucro!

Penso no Henrique Sommer que construiu a 1ª fábrica de cimento da Península Ibérica na Maceira (eheheheh!) e na obra social que ele construiu... ele podia não o ter feito. E teria tido mais lucros ainda... mas escolheu repartir um bocadinho pela comunidade que o acolheu e que tão pobre era... ele instaurou um sistema de segurança social, quando no País ainda não existia... entre centenas de outras coisas.

Vi há pouco tempo um programa sobre as novas gerações... falaram com um neto do Belmiro, uma neta do Nabeiro e um neto já não me lembro de quem, mas que passava o ano a surfar... e a neta do Nabeiro é licenciada em Marketing e está já integrada na empresa... e pela forma como falou pareceu-me por acaso uma pessoa humilde e de pés assentes na terra. Gostei dela. :)

ianita disse...

Lilipat: e há mais coisas na calha :) é só estarmos atentos!

See tou later! :)

Rice Man disse...

Não é de admirar que haja quem coleccione coisas destas. :) Eu acho boa ideia... Não bebo café mas reparo sempre nestas coisas quando estou com alguém que está a beber. Estas pequenas coisas chamam a atenção e são o suficiente para nos deixarem um sorriso na cara ou um sorriso mental. :)

ianita disse...

Mr. Rice: eu peguei em um de cada... mas acho que os vou usar e depois deitá-los fora... até porque a mensagem já fica aqui no estaminé para a posteridade, não preciso do papelucho! :)

Brigitte disse...

Em tempos de faculdade fiz um estudo de mercado sobre a Delta, confesso que fiquei fascinada com este mundo do café que está espalhado por esse mundo fora!!!!

:)
Bom fim de semana

ianita disse...

Brigitte: :) Bom fim-de-semana! Kiss

LP disse...

Estão todas muito bem conseguidas, mas a do Fernando Pessoa é algo de maravilhoso!

Beijinhos e bom fim-de-semana ;)

izzie disse...

Aaaah Marketing!... :)
Adoro esta campanha! :D
E é bom conhecer pessoas como tu, que reparam nela.

Beijo,

ianita disse...

LP: concordo plenamente... de uma profundidade incrível :) bom fim-de-semana!

Izzie: pois, a tua onda! Eu costumo reparar em coisas parvas... simples... pormenores. :) fazem toda a diferença! Kiss