25 de maio de 2009

I'm in heaven!

Hoje descobri um blog. Nada de extraordinário, dir-me-ão. Mas este é um blog diferente. Um blog onde estive horas seguidas sem parar. Sempre a rir. Sempre cheia de vontade de descobrir mais coisas. Falava com a Verónica no msn e ela dizia "you are in heaven". E onde é este céu? É, pois está claro, no mundo dos desenhos animados! (aqui)

Encontramos neste mundo encantado quase tudo o que passou na televisão portuguesa dos anos 70 aos 90. Cada post fala de uma série, com a história, os enredos, os genéricos originais e em português.

Aqui encontramos também os maravilhosos reclames do nosso tempo e algumas publicações.


Faltam algumas séries, mas o rol vai ficando cada vez mais completo. E se cada um de nós der lá uma saltada e contribuir com um nome que falte, já deve ajudar.

Eu deliciei-me com a Ana dos Cabelos Ruivos, A floresta encantada, o Bocas, o Tom Sawyer... o Puchi! E o Dartacão... o seu lema é um por todos e todos por um... O amor da Julieta é o Dartacão e ela é a predilecta do seu coração... Lindo lindo lindo!




Adenda... não consigo parar!!! Pronto... deixo aqui dois genéricos de dois desenhos animados que não estão ainda naquele blog... a minha querida Bia, a pequena feiticeira e o Panda Tao Tao (que a Verónica disse que se tinha portado mal e que por isso é que não estava lá, mas eu protesto!!). :)



16 comentários:

mjf disse...

Olá!
Fui lá dar um salto...e realmente traz-nos optimas recordaçºoes:=)
Obrigada pela partilha

Beijocas

Vera Angélico disse...

Eu, para variar, sem tempo... até que enfim, que encontro o puchi. Tantas vezes que dou por mim a cantar o genérico. O "Bocas", com aquela dobragem que adoro, era a companhia das quartas à tarde. A Ana dos cabelos ruivos, uma delícia. Do Tom Saywer já matei saudades, tendo em conta que comprei o DVD à Helena...

Estou maravilhada...

ianita disse...

mjf: eu gosto de pensar que há por aí mais malucos como eu :) adoro estas séries! Kiss

Vera: estou viciada! Já fiz adenda ao post... não consigo parar!!!! Camisa de forças precisa-se!!

(eu comprei Tom Sawyer e Ana, off course! deviam publicar mais!!)

spritof disse...

he he he


Obrigado por essa delícia de recordações de infância...
:D

PAULO LONTRO disse...

tu gostas mesmo de desenhos animados...
o teu lado de criança é sedutor miúda.
:)
;)

Sayuri disse...

No ano passado recebi um email de uma amiga com os links de todos os desenhos animados e mais alguns, de todos os anuncios dos 80's. Foi no Verão, e lembro-me que ficamos todos mais tempo em casa (antes de ir para a nite) para aceder aos links :)

tiago disse...

Como toda a gente cá eu também fui lá dar um saltinho...lol bem é como voltar a uns anos atras.....
ideal para voltar a ser criança nem que seja por uns dias.

Brigitte disse...

Tenho que lá ir espreitar, adoro desenhos animados, então daqueles que passavam na TV qd era mais nova!!!

Boa semana
:)

ianita disse...

Spritof: é uma delícia mesmo :) adoro!

Paulo: eu não estava a brincar quando disse que era a minha sobrinha quem me levava a ver os filmes em desenho-animado e não o contrário :) eu gosto mesmo de desenhos-animados!!

ianita disse...

Sayuri: é que estava a falar no msn e estava a ver o concurso na RTP e parei! Desci o som da TV e pus o som do computador no máximo e cantei o mais alto que consegui! Um show!! :)

Tiago: há que nunca esquecer a criança que há em nós! :)

Brigitte: aqui há de tudo! Muito porreiro mesmo! :)

Verónica disse...

Ainda tenho de lá ir ver aquilo de fio a pavio :)

ianita disse...

Verónica: sim! eu também ainda não me dei por satisfeita :)

Rice Man disse...

Isto não se faz, pá!... Tinha montes de planos, montes de coisas para fazer hoje à tarde e agora... quem é que me tira daqui (daquele blog)? Hein?! HEIN?!?! :D


E não te preocupes... Há mesmo mais malucos como tu por aí!... Ou mesmo piores! ;P

ianita disse...

Mr. Rice: eheheheh!! :) ainda dizes que eu não sou má!! ;)

É viciante, não é?

Anita disse...

Bolas...que nostalgia!!!Adorei!!Obrigada por artilhares!!

ianita disse...

Anita: faz-nos bem de vez em quando, não achas? Lembrarmo-nos como era... Kiss