2 de janeiro de 2010

War of my life

Porque tudo se resume a isto. A lutar ou a baixar os braços e ir com a maré. Acho que às vezes lutamos demais pelas coisas erradas, pelas pessoas erradas. Acho mesmo que não tem mal nenhum baixar os braços e ver onde a maré nos leva. Parar. Pensar. Repensar o caminho e as escolhas. Repensar as pessoas. Repensar-nos.

A água da maré até nos pode fazer bem. Lavar-nos a alma. E deixar-nos melhor do que se lutássemos contra ela. Porque às vezes, a vida pode ter melhores planos para nós. Mas estamos tão obcecados em perseguir o que achamos que é melhor, que nem apreciamos o que a maré traz.

Planear é bom. Estabelecer objectivos também. Mas... há que não nos esquecermos que o importante não são os objectivos cumpridos ou por cumprir. O importante não são as "check-lists". O importante não é a meta. Não há nenhuma corrida. Não há nenhuma competição a decorrer. E o importante não é o objectivo, mas o que se fez para se chegar a ele. O importante é o caminho.

E eu gosto do caminho. Gosto das pessoas que me acompanham. Que me escolheram para as acompanhar nos seus caminhos também. Gosto da sensação de liberdade. Gosto dos momentos de felicidade. Gosto da vida.

Podia pôr aqui a Jem e o seu "Just a ride", (para quem não conhece a letra...), mas... para começar o ano com coisas bonitas e novas :) fica o John Mayer. De um cd novo que alguém me mandou pelo correio e que chegou cá no dia 24 (obrigada novamente). Porque o Tempo é AGORA. Porque a vida é minha e ninguém a pode viver por mim. A luta é minha. Diária. E a cada dia, um passo mais perto. De quê? De mim.




Come out Angels
Come out Ghosts
Come out Darkness
Bring everyone you know

I'm not running
I'm not scared
I am waiting and well prepared

I'm in the war of my life
At the door of my life
Out of Time and there's no where to run

I've got a hammer
And a heart of glass
I got to know right now
Which walls to smash

I got a pocket
Got no pill
If fear hasn't killed me yet
Than nothing will

All the suffering
And all the pain
Never left their name

I'm in the war of my life
At the door of my life
Out of time and there's nowhere to run

I'm in the war of my life
At the core of my life
I've got no choice but to fight 'til it's done

No more suffering
No more pain
Never again

I'm in the war of my life
At the door of my life
Out of time and there's no where to run

I'm in the war of my life
I'm at the core of my life
Got no choice but to fight 'til it's done
So Fight on, fight on everyone, so fight on
Got no choice but to fight 'til it's done

I'm in the war of my life
I'm at the core of my life
I've got no choice but to fight 'til it's done

5 comentários:

Rony disse...

Gosto do novo look!
Quanto à música, não é muito o meu estilo...

Lita disse...

Muito obrigada pelo John... :)
Também acho que é muito mais fácil seguir com a corrente. A vida é muito sábia. E seremos sabios se colocarmos os nossos objectivos a favor da corrente e não contra ela.

Tenho muitas coisas para te dizer, mas não aqui. Mas tenho tantas, tantas coisas...

Começo por dizer, excelente ano!

Isandes disse...

podia fazer copy-paste do teu post, já k tb eu to sp preocupada k onde vai dar o caminho, o k nem sp me deixa aproveitar bem o momento - esta vai ser 1 das minhas prioridades, deixar de tar sempre à cata do k ainda na xegou e possa nem xegar...
1 bom ano, ianita!

Vera Angélico disse...

Eu a rever-me. Naqueles dias que não podiam existir.

Tu, rende-te à filósofa Hanna Montana, e aprecia "The Climb...."

I can almost see it, that dream i'm dreamin but, there's a voice inside my head sayin, you'll never reach it. every step im takin every move i make feels lost with no direction, my faith is shakin, but i, i gotta keep tryin i gotta keep my head held high

there's always gonna be another mountain im always gonna wanna make it move always gonna be an uphill battle and sometimes im gonna have to lose it aint about how fast i get there aint about whats waitin on the other side its the climb

the struggles im facing the chances im taking sometimes might knock me down but no im not breaking i may not know it but these are the moments that im gonna remember most yeah just gotta keep goin and i i got be strong gotta keep on pushin on cuz

theres always gonna be another mountain im always gonna wanna make it move always gonna be an uphill battle sometimes im gonna have to lose aint about how fast i get there aint about whats waitin on the other side its the climb

keep on movin keep climbin keep the faith babe its all about its all about the climb keep the faith keep your faith

ianita disse...

Rony: :)

Lita: "A vida é muito sábia. E seremos sabios se colocarmos os nossos objectivos a favor da corrente e não contra ela." Precisamente. E não é comodismo, mas inteligência. :)

Escreve-me... Liga-me... Visita-me... Diz-me.

Tem um excelente ano também! Com todos os teus. Beijos!

Isandes: É isso mesmo... temos de aproveitar a viagem. A da vida. Porque nas de avião eu durmo ;) Um bom ano Isandes! Beijos!

Vera: Ai a Hannah, a Hannah! :) A letra é muito boa, de facto.

"theres always gonna be another mountain im always gonna wanna make it move always gonna be an uphill battle sometimes im gonna have to lose aint about how fast i get there aint about whats waitin on the other side its the climb"

Não te esqueças também! ;)