8 de junho de 2008

Selecção, caracóis e Safari!

No salão de festas da Pocariça, o ambiente era de festa, de alguma tensão... Ouve-se o hino. O árbitro apita. Começa um jogo de nervos. De nervos, porque os postes teimavam em fazer parte do jogo, porque o árbitro auxiliar estava numa de marcar foras de jogo sempre que lhe apetecia, e porque a bola teimava em não entrar...

Gostei do que vi. Gostei do jogo. Não apanhei seca, como no Suíça-República Checa. É claro que o Deco é uma sombra do jogador que sabemos que pode ser. Devia ter sido substituído muito mais cedo, mas o Scolari é assim teimoso.

Destaco, pela positiva, um Pepe muito seguro que, quando subiu, desequilibrou. Um Ronaldo que esteve nos dois golos, mas que não teve a sorte de marcar. O Simão esteve muito bem, até sofrer aquela falta horrível, depois eclipsou-se. Mas o melhor foi mesmo o Moutinho. O meio-campo foi dele. Dominou. Sem dar nas vistas como o Ronaldo, mas sem falhar, super seguro, passes milimétricos, lindo! Adorei!
A lamentar a atitude das autoridades suíças. Parece-me que não estão muito habituados a vitórias e a explosões de alegria! Cromos!

Esta vitória, que me soube tão bem, é bem merecida, não pelo Scolari (que eu continuo a detestar!), mas pelos adeptos. Os que pagaram 10€ para verem um treino, os que andaram centenas de kms para apoiar a Selecção. É, de facto, uma verdadeira força de campeões!

A acompanhar este jogo, para além dos nervos, estiveram uns bons petisquinhos, daqueles tão próprios do Verão, de que eu já tinha tantas saudades!

Depois do jogo, numa de festejar a vitória, lá fui até ao Smile, novo bar aqui da Freguesia, malhar uns safaris. E que saudades eu já tinha de malhar uns safaris. Eu e o Safari não fomos feitos para estarmos durante muito tempo longe um do outro!
Digamos que vim para casa alegrinha! Pela grande vitória de Portugal, pelo reencontro com o meu grande amigo Safari, e por otras cositas más, que não posso agora revelar... ;)

2 comentários:

Verónica disse...

Quarta há mais... vamos ver como se safam contra os checos, estes gajos já nos tramaram no passado.

Ianita disse...

O Poborsky, que depois veio para o Benfica... Mas não falemos de coisas tristes! Porque triste triste é eu não poder ir para o ecrã gigante e muito menos comer uns caracóis e malhar uns safaris! À hora do jogo, cá estarei no Grupo Meneses... de phone no ouvido! :)