22 de novembro de 2008

Desvios - parte II

Bem... Já começo a não achar piada nenhuma à história dos desvios.
Ontem, vinha do trabalho e apanhei um novo desvio. Mais uma vez, uma única placa a indicar o desvio e mais nada. Se no outro dia estava pressionada pelas horas porque tinha de ir trabalhar, desta vez estava pressionada pelas horas porque tinha de ir jantar, já eram 20h. Entretanto, este novo desvio era pelo meio de pinhais. Ora, de noite, no meio de pinhais por onde nunca eu tinha andado, sem indicações nenhumas. Claro que me perdi e só dei por ela estava outra vez quase a chegar ao trabalho...
Hoje... Vinha para casa depois de ter ido fazer umas comprinhas e eis um desvio. Andei perdida algures no Vale-da-Gunha. Bem... se andar perdida nos Pinheiros e na Calvaria não era muito humilhante, uma vez que são terras de outras freguesia e até de outro concelho, andar perdida no Vale-da-Gunha tem que se lhe diga. Uma terriola do mesmo concelho, da mesma freguesia e a modos que ao lado da minha.... :(
Mas que raio se passa que os desvios se andam a pôr no meu caminho assim à doida? Isto não é normal, pois não?

8 comentários:

mendogas disse...

Olá Ianita
mas o que te andam a fazer amiga
sabes por vezes os desvios levam-nos a caminhos certos amiga

só temos de estár atentos!!!

um beijo
João

Ianita disse...

Pois... Mas isto já começa a ser demais! Confesso que já estou um bocadito farta. E o mistério está resolvido, no próximo ano há eleições por isso é que as estradas aqui dos arredores estão de tal maneira que parecem cenário de guerra.

Kiss :)

miak disse...

Que aventuras sinistras...

Carla Silva e Cunha disse...

muitas vezes são os desvios que nos conduzem ao bom caminho

boa semana

carla

Mi disse...

Eu cá não tenho apanhado desvios... Com o b.i. caducado e as filas intermináveis nas Lojas do Cidadão, tenho mesmo deixado o automóvel na garagem. E depois, nos comboios e nos metros os desvios não chegam e tem muitas setas, com cores e tudo, e eu não me engano.
Pronto, temos azares diferentes!

Bom domingo!

Ianita disse...

Miak: Põe sinistro nisso...

Carla: Eu detesto conduzir. Ponto. Se num Domingo de sol calhar de me enganar num caminho ou se apanhar desvios, desde que tenha gasolina, tá-se. Não me chateio muito. Mas de noite, eu cheia de fome, cansada, às voltas algures no meio de um pinhal... Por muita boa vontade que eu tenha, não dá!

Mi:Pois... :)
Bom Domingo

Kisses :)

u João disse...

Olá!Também acho que se está a passar algo de estranho Ana, palpita-me que pro ano vais ter mais umas quantas rotundas na tua zona..e tu perdida no meio dos pinhais, tem cuidado com o lobo mau loll
beijo

Ianita disse...

Hummm... Lobo mau? :)

Os lobos maus só atacam os capuchinhos desta vida e eu não sou um deles! :)

E sim, é isso mesmo, para o ano é só rotundas para animar a malta!

Kisses