14 de novembro de 2008

Diga?

Ontem disseram a alguém à minha frente:
"Se tiver dificuldades fale com a Ana. Ela faz isto muito bem, tem uma cabeça muito bem estruturada. Nem sei como é que foi para Letras."
Isto foi um elogio? Ou fui chamada de burra por ter ido para Letras? Fiquei sem saber...

16 comentários:

Verónica disse...

As duas coisas, diria eu, que me acho mesmo burra por ter ido para letras. lol
Uma coisa boa? Conheci amigos para a vida ;)

Kiss

Ianita disse...

:) Beijo grande grande grande!

(a verdade é que o saber não ocupa lugar e acho que ainda não me arrependi)

Mas isto de elogiar criticando, tem que se lhe diga, não tem?

olgacruz disse...

Cada moeda tem duas faces...

Cada realidade tem muito mais que isso... depende sempre da perspectiva...

O mais importante (e difícil) é sermos felizes!

Bjs,

Ianita disse...

Tens muita razão...

Estás muito profunda hoje maninha! Já começaste a ler o livro que te emprestei? Parece-me...

Kisses

olgacruz disse...

Ya!

A culpa é mesmo tua. Um dia destes ainda começamos a trocar impressões literárias...

ah! ah! ah!

... e o livro está a ser mt fixe.
... mais profundo que o anterior...

Bjs,

Ianita disse...

Logo vi :)

É um livro diferente. O outro nunca o li, mas este sim, há uns anos. É um livro mais introspectivo, para reflectirmos. Ainda bem que estás a gostar. Já tenho lá outro separado para te emprestar, totalmente diferente destes.

:)

Kisses

(Quanto às impressões literárias, podemos trocá-las qualquer dia, enquanto bebemos um chá com uns biscoitos de manteiga, que tal?)

u João disse...

Olá Ana! Existe a ideia na cabeça das pessoas que tirar o curso de letras é o mais fácil e com emprego garantido. Ideia falsa, que se calhar interessa fazer passar, a quem tão mal diz dos professores; por exemplo.
Posso constar aqui todos os dias que tu de burra não tens nada! :)))
(já agora porque insistem em comparar o equus asinus com falta de inteligência, haverá coisa mais fofa, eu não me importo nada que me chamem de burro)
beijo

olgacruz disse...

Chá com biscoitos de manteiga?!?
Desculpa lá, isso parece-me programa de cota!!!!!

Pensas que eu sou o quê?

Esta noite vou ver o Quim Barreiros e tudo! E os DJ's (se conseguir aguentar!) Eheheheh!

Bjs,

Ianita disse...

Tens toda a razão, os burros são fofinhos. Principalmente porque não têm vergonha de serem como são. São genuínos, autênticos.

Quanto às letras... pois, ainda há muito quem pense que vai para letras quem não tem jeito para os números. Eu sempre tive jeito para ambas as coisas. Mas sempre gostei mais de Literatura. Além disso, não há nada de mais matemático que estudar uma língua como o Latim (não é à toa que lhe chamam a Matemática das línguas).

A minha vida seria hoje diferente se tivesse ido para um curso de Matemática, ou Engenharia ou afins? Acho que nada disso me faria mais feliz que aquele ano em que fui professora a sério, por isso, acho que isso diz tudo.

Não me arrependo, nunca, porque adorei o meu curso. Agora tenho um trabalho da treta? Pelo menos já fiz aquilo de que gostava mesmo. Terei sempre isso.

E com esse "Posso constar aqui todos os dias que tu de burra não tens nada", estás a fazer-me um elogio ou uma crítica? Ou seja... estás a dizer que não sou mentecapta nem acéfala, ou que não sou fofinha o suficiente para me considerares burra? :)

Kisses

Ianita disse...

Olga: Ver Quim Barreiros sem ser em contexto de Queima das Fitas é mesmo de cota! :)

Ainda gostava de te ver a curtir o som dos DJs. Hoje até a barraca abana! (literalmente! hoje ninguém dorme lá em casa com a vibração das paredes!)

Isso do chá com os biscoitos era para fazer lembrar as tias que falam dos livros que lêem e afins :)

Kisses

(e vê lá se te divertes! E afasta a nossa mãe da jeropiga!)

olgacruz disse...

Pois... eu bem que queria ser tia... mas...

Ianita disse...

Vai falar com o teu irmão. Ou como ele costuma dizer, Não sabes se não és!

LOL

Nelson Alexandre Soares disse...

Bem, eu não concordo nada com essa opinião de que quem vai para letras é burro.


A àrea que se escolhe não faz de nós mais inteligentes só por si. Eu fui para humanidades, continuo a estudar uma ciência social, e vejo colegas noutras àreas que deixam muito a desejar em termos intelectuais... lol


Stay Well

Nelson Alexandre Soares disse...

Tem a ver com vocação, não com inteligência... Era aí que eu queria chegar... xD


Stay Well again =)

Mi disse...

Cá para mim, que acabei de chegar aqui e não devia ter lá muito voto na matéria, foi um elogio... É que a cabeça é tão estruturada que dava para tudo, a escolha de Letras deve ter sido complicada.

Que tal? A explicação passa?

Admiro muito quem estuda Letras: acho que desenvolvem Aquela-Parte-Do-Cérebro-Super-Especial que eu não sei qual é porque não estudo, mas é incrível que todas as pessoas de Letras que conheço são fantásticas e nutro por elas uma admiração especial (sim, não são muitas, também!) - esta parte é a sério, por mais que pareça que brinco muito.

Brinco muito, escrevo muito... Pois, tem a ver comigo.

Ianita disse...

Nélson: Tens toda a razão. Mas é um lugar comum dizer-se que quem é bom em letras não é bom a matemática. Ainda bem que há excepções e que podemos provar o nosso valor, independentemente da surpresa das pessoas :)

Mi: Gosto! :)
Também prefiro pensar assim, que sou uma pessoa inteligente e que podia ter feito outras coisas. Com menos vocação e por isso com menos prazer, mas podia.

Aliás, aqui a menina de letras trabalha numa empresa de Construção Civil e Promoção Imobiliária. Tudo a ver, certo?

Kisses

(ah! e gostei dessa do cérebro super hiper mega ri especial!)