13 de dezembro de 2008

Un poco de chocolate

Estou ainda sem fôlego... Escrevo ainda na ressaca deste grande filme.
Não estava à espera. Tenho visto muitos filmes, muitos filmes de que tenho gostado muito. Mas nenhum que tenha gostado tanto ao ponto de aumentar a minha lista de filmes preferidos. Há uns anos que não aumentava a lista... Foi hoje. Inesperadamente. O filme? Un poco de chocolate. Um filme espanhol. A história do filme? Não sei dizer bem. Vida. Morte. Velhice. Juventude. Amor. Estórias. Passado que se confunde no presente e no futuro... Não fala de nada e fala de tudo. O melhor filme que vi este ano, um dos melhores da minha vida.
Lucas e Maria são irmãos e estão velhos, dividem uma casa com memórias de pessoas que amaram. Marcos e Roma estão sozinhos e são jovens. Ela trabalha como enfermeira. Ele está perdido, só toca o seu acordeão e tem muitas perguntas. Eles não sabem que seguirão um caminho juntos. Um dia, eles encontram-se por acaso. E daquele momento em diante, Lucas e Maria, irão contagiar Roma e Marcos com a sua maneira de viver

11 comentários:

Maçã com Canela disse...

Não conheço.. mas também há tanto que não me sente a ver um bom filme.. e já nem falo do cinema... o meu último foi "Viagem ao centro da Terra em 3D" imagina!!!

Um beijinho...

Ianita disse...

Ao cinema vou de vez em quando... Fui ver o Batman, o Panda do Kung-fu, o Mamma Mia, a Arte de roubar e hei-de ir ver o Madagascar II e o Blindness, ainda antes do fim do ano...

Mas a verdade é que não é no cinema que tenho visto alguns dos melhores filmes dos últimos tempos, mas em casa. Como este. Tão simples, tão verdadeiro...

Kisses

Siuxi disse...

Olá ianita,

Eu adoro cinema por vários motivos mas prefiro os menos comerciais.
Assim deixo-te uma maravilhosa sugestão: "A vida secreta das palavras", É de uma realizadora espanhola da qual não me lembro o nome. Tem produção de Almodover e do elenco fazem parte Tim Robbins e Sara Polley.
É comovente, original e inesquecível.

Bjnh

Anita :) disse...

despertou-me o interesse!!!vou colocá-lo na lista dos"a ver o mais breve possível"!!

Beijinho

Lita disse...

Quero ver esse filme!

Ianita disse...

Siuxi: Vou apontar a tua sugestão. Tenho de procurar isso. Normalmente também costumo gostar dos filmes mais fora do circuito Hollywood.

Kisses

Ianita disse...

Anita e Lita: Vale mesmo a pena... é um filme lindo!!

Kisses

u João disse...

Olá! Depois de ver o trailer, deve ser muito bom.Tá a passar no cinema?
beijo

Ianita disse...

Eu vi em casa.... não sei se anda pelo Cinema... se andar será num daqueles alternativos, menos dados a sucessos de bilheteira...

Kisses

poeta_poente disse...

Pela tua sugestão saquei o filme da net e vi ontem à noite. Gostei, mas acho que é daqueles filmes que se gosta de ver e rever e cada vez que o fazemos descobrimos mais um pormenor delicioso.

Um misto de Paciente Inglês e Amélie Poulain muito bem conseguido.

Beijo e obrigado por me levares a descobri-lo.

Ianita disse...

É lindo, não é?

Chorei durante o filme todo embora tenha consciência de que é um filme feliz. É feliz, não é? Aquelas pessoas que redescobrem a vida... os velhos com os novos e os novos com os velhos... o passado que vive que respira aqui ao nosso lado sempre constante... a morte como um momento único e mágico... a alegria da união...

É um filme incrivelmente real, simples, e tão alegre... tão feliz... tão feliz que dá vontade de chorar! :)

Kisses

(obrigada por teres visto! adorei falar do filme com alguém que tivesse visto)