1 de março de 2009

Home

O regresso tem sempre este sabor ambíguo.... esta dualidade de sentimentos... a dor da perda, da partida... a felicidade do regresso à vida do quotidiano, às nossas pessoas, aos nossos cheiros, às nossas coisas.
Eu costumo dizer que gosto de sofrimento. Não que seja masoquista. Mas sofremos porque fomos felizes. E fui muito feliz esta semana. Muitas pessoas, muitos lugares, muitos sabores, muitos cheiros, muitas experiências. É muito bom. A vida começa a ser mais ou menos como eu queria que fosse. Talvez no próximo ano se aproxime mais um bocadinho... talvez tenha uma casa minha.
Por agora fico feliz com estes meus pequenos devaneios. Com os meus exílios e os meus regressos aqui onde me querem tanto bem.
Acho que os exílios são bons exactamente por isto. Porque não são duradouros. Porque terminam com um regresso. Um regresso que não é efusivo, como são os exílios. Um regresso que é quente, aconchegante, cansativo e ao mesmo tempo refrescante.
Cá estou. No sofá de sempre. TV ligada ao fundo. Edredon sobre as pernas. Aquecedor ligado. De volta às minhas rotinas. Aquelas que fazem os exílios acontecer. Aquelas que fazem os exílios saber tão bem. Aqui estou, feliz por estar de volta e contente por amanhã, ah amanhã, ir começar a planear o próximo exílio.
Um obrigada a todos os que fizeram destas férias mais um maravilhoso e inesquecível exílio. É isto que faz a vida valer a pena. Obrigada. Mesmo.

11 comentários:

Hermes disse...

Gostei tanto, mas tanto deste teu texto... lindo... resumes espectacularmente uma imensidade de sentimentos :)

Lindo

Beijo

Lita disse...

Ai, Ianita!
Como eu te compreendo....
Bem vinda!:)

Sayuri disse...

Eu mal posso esperar pelas minhas ferias!!!

Brigitte disse...

Ao que parece foram umas merecidas férias e fico muito contente por vires renovada.

Noticia de ultima hora, na noite de ontem nasceu mais uma habitante da Pocariça....

Beijos e boa semana
:)

Vera Angélico disse...

Welcome home!

;)

Beijos.

Ianita disse...

Hermes: é assim que sinto os regressos... pelo menos estes mais recentes.

Kiss

Ianita disse...

Lita: :) Beijos!

Sayuri: eu já entrei em nova contagem decrescente! Está quase!

Kiss

Ianita disse...

Brigitte: não interessa o que fazemos, desde que sejamos reconhecidos e desde que o nosso trabalho nos permita viver... não faço o que gosto, mas gosto do que faço. Tive um bom aumento e tenho a possibilidade de ir de férias com quem quero e quase para onde quero. E por isso sou feliz :)

Benvindo o novo habitante da Pocariça! :)

Kisses

Ianita disse...

Vera: Sabe bem regressar... mas estou ansiosa pela próxima partida :)

Kisses

Manuela disse...

Toronto? :P

Ianita disse...

Um dia... um dia :)

Beijos!