7 de junho de 2009

Finalmente, a Taça dos Mosqueteiros!



Não é segredo para ninguém que gosto muito de desporto. Acompanho as vitórias da minha Sara na natação. Acompanho o meu Benfica. Gosto de Rugby e de voley e de andebol. Adoro Ténis. Gosto de ver a selecção nacional em qualquer modalidade e torço. Muito.

Hoje foi um dia importante. Como dizia o comentador "history in the making". E foi. Roger Federer conseguiu igualar o record de Pete Sampras de 14 vitórias no Grand Slam. Conseguiu entrar no restrito grupo dos tenistas a ganharem todas as provas míticas do Grand Slam. Faltava Roland Garros... Desde 2005 que lhe escapava por entre os dedos. Desde 2005, Rafael Nadal, o carrasco, não dava hipótese. Hoje, dia 7 de Junho de 2009, ele conseguiu finalmente.

Chorei. Porque ele é, em todas as modalidades, o meu atleta preferido. Porque é completo. Porque é simpático. Porque é contido. Porque é um exemplo. Ninguém o vê partir raquetes. Niguém o vê discutir com árbitros. Pelo contrário... tantas vezes já o vi contestar o árbitro que tinha decidido em favor dele e dar o ponto ao adversário...

Andre Agassi foi quem ganhou mais coisas. Taça Davis e as Olimpíadas, para além das provas do Grand Slam. Mas Federer é o melhor jogador. Sorlinger, o adversário derrotado, disse o que toda a gente pensa quando vê o Federer jogar... que lição de ténis! Os tenistas têm o seu jogo standarizado. Jogam sempre da mesma forma e acaba por se tornar monótono. Federer não. Federer faz tudo. Nunca se sabe o que ele vai fazer porque ele nunca faz a mesma coisa. Alia a força física ao bom jogo à técnica quase irrepreeensível à capacidade psicológica (só abalada quando a questão era Roland Garros e Rafael Nadal). Mais nenhum jogador faz isto... mais nenhum jogador tem esta capacidade técnica... mais nenhum jogador tem esta variedade de jogo.

Hoje vi as lágrimas sentidas... o meu pai dizia que ele ia ganhar muito dinheiro com esta vitória. É facto. Mas aquelas lágrimas não têm que ver com o dinheiro, por mais que seja. É sentir-se entrar definitivamente para a História. O jogador mais completo, com o jogo mais bonito tecnicamente, com mais emoção... o melhor jogador de ténis de todos os tempos. Caramba... o melhor tenista de todos os tempos!

Se dúvidas havia, esta vitória comprova-o. Aos 27 anos... quando tem ainda tantos anos de carreira pela frente. Foi um prazer ter visto isto... foi emotivo... foi lindo... foi fantástico. Finalmente Roger. Finalmente... Agora venha Winbledon que aquilo no ano passado foi mal perdido.

(Ah... e entretanto fui votar, como vou sempre. Já me abstive, mas indo lá, votando em branco. Essa é a verdadeira abstenção. Já alterei férias para poder ir votar. Não ir votar é faltar ao respeito às pessoas que morreram para que pudéssemos pôr uma cruz num papel... quem não foi ainda, vão lá que ainda falta mais de uma hora.)

10 comentários:

spritof disse...

éna... quanta emoção pelo desporto.
É de louvar...

E... parabéns ao Roger!
De facto... merece.

:)

ianita disse...

Spritof: gosto muito de desporto... e esperava esta vitória há muito tempo. Mesmo.

E sim, ele merece.

Kisses :)

Rice Man disse...

:) Essa tua paixão é arrepiante (no bom sentido)! Fico muito contente por ver alguém que admiras ter sucesso... porque no fundo são os teus valores, que vês reflectidos naquela pessoa, que vencem também! :)

ianita disse...

Mr. Rice: epah... isso dito assim até parece bem...

Mas eu já sei que pareço sempre melhor pessoa quando reflectida no teu espelho...

Obrigada.

Anita disse...

grande grande jogaço!!!e vitória inteiramente merecida!!!finalmente:)

ianita disse...

Anita: finalmente mesmo...!!!

Houve ali jogadas de tirar a respiração! Lindo!

lilipat2008 disse...

Obrigada...ontem foi um dia bem preenchido, porque estive nas mesas de voto e à noite as notícias só falavam das eleições...ainda não tinha conseguido saber a boa nova. Fico muito contente pelo Federer, sem dúvida que merece...:D

bjs

ianita disse...

Lilipat: Tadita... aquilo deve ser uma grande seca... ainda para mais com tão pouca gente...

E este jogo foi uma alegria muito grande. Mesmo.

Kisses

IandU disse...

Porque tem postura de boa pessoa e mesmo assim está lá em cima. Porque joga o ténis com gosto. Fiquei muito contente também. A meia-final foi de loucos, já a final foi mais uma passear de raquetes :P

ianita disse...

Iandu: quando invadiram o court, os comentadores disseram isso... que ele é sempre simpático para as pessoas, afável...

Gosto muito dele e do ténis dele :)