15 de junho de 2009

Parabéns

Para que a vida seja suficiente, o que conta não são os anos nem os dias, mas a qualidade da alma.

Séneca (carta 61)


À minha irmã preferida... gostava de me lembrar de mais coisas. Sei que também gostavas que me lembrasse de mais coisas. Sinto-o quando me vês lembrar de tantas coisas insignificante e não me lembrar de ti...

Também tenho pena... porque só me lembro das discussões... só me lembro de ler os teus livros da "Bianca" às escondidas... só me lembro de não estares cá. Gostava de me lembrar mais dos dias e noites de cumplicidade, naquele quarto partilhado. Tenho uma memória, que quase nem se qualifica de memória de tão pequena que é... tu dormias na cama do lado esquerdo e eu na do lado direito com a ursa azul, mas, acho eu, mudámos de cama uma vez. E lembro-me de, uma noite, tu levantares as cobertas e dizeres-me "queres vir praqui?" e de eu ir. Só isto.

O que queria dizer-te hoje, até porque nós (eu, tu, os nossos pais...) falamos muito e dizemos muito pouco, é que posso lembrar-me de poucas coisas, mas sinto. A memória prega-nos partidas, mas o coração nunca mente. E não importa quantos anos tens, importa a qualidade da alma... alma que tenho a honra de ter como irmã mais velha. Parabéns!

12 comentários:

bono_poetry disse...

parabens a tua mana,beijo !

Estreliña disse...

Pois então, que sobreviva o orgulho pela mana!
Parabéns às duas, por se terem uma à outra!

;)

Mag disse...

A memória falha-nos, o coração não!
Parabéns à mana!
Beijo

Luisa Moreira disse...

Parabéns!!! Por se terem uma à outra. Ambas estão de Parabéns! Beijinhos....

Joni disse...

O belo mundo dos afectos da Ianita.

Verónica disse...

Parabéns à mana!!!!!

lilipat2008 disse...

Parabéns à tua mana...:)

bjs p'ras 2 :D

Rice Man disse...

Muitos parabéns à maninha mais velha (ou menos nova)! :) E não te preocupes... Não falas muito dela aqui mas tenho a certeza que ela sabe que gostas muito dela. E aposto que todas as vezes que falas com orgulho na tua sobrinha estás a partilhar também (mesmo que indirectamente) um pouco desse sentimento com a mãe dela, a tua irmã. ;)

olgacruz disse...

Ena, só agora passei por aqui!!!
Tive um dia estafante no trabalho, nem te respondi como deve ser aos teus SMS, só estava desejosa que o dia acabasse e que pudesse voltar para casa...
Agora estou aqui, depois do merecido duche tomado!!! :)
Obrigada!
Eu, memórias tuas tenho, claro que sim!!!
De te pôr a dormir “à força” para ir brincar com os vizinhos…
De te mudar as fraldas… dar biberão… de seres uma chata…
Pois se eu tenho as memórias, tu tens o escrever. Ninguém escreve como tu! É muito difícil pôr por palavras aquilo que sinto… mas sinto, também sinto! :):)

Hoje fiz 38 anos de idade, e 18 de casada! (para quem não sabe)
Prefiro não fazer balanços. Coisas boas, coisas más, já tudo passou por mim… e passa…
A melhor coisa do mundo é saber que tenho sempre a família, os amigos (poucos mas bons) para o que precisar! É muito bom…

Obrigada maninha, mais uma vez! Por tudo, especialmente por existires!
Obrigada a todos pelos parabéns!

Um Beijo,
Olga


PS: Já mandas-te o SMS da praxe ao nosso mano??? Ele ainda não me disse nada hoje…
:):):):)

ianita disse...

A TODOS: Obrigada! Pelo carinho e pelas palavras :)

Não me lembro, não por ser completamente desnaturada, mas porque ela tem mais 9 anos que eu... e porque saiu de casa quando eu tinha 11 anos. E é estranho que me lembre do meu 1º dia de escola, aos 5 anos, e não me lembre do dia do casamento dela, a 15 de Junho de 1991, tinha eu 11 anos...

Achei só que tinha de esclarecer ;)

Maninha: essa do me pores a dormir à força tem piada... eu às vezes penso que tu és a culpada de eu ser assim... estranha! :) Já ouvi falar de me virares ao contrário... eu lembro-me de acordar a Sara de propósito para brincar com ela... agora pôr alguém a dormir para se poder ir brincar... diabólico!!!! :)


E isso de ser chata... Bah! Tu eras mais! :) Basicamente o que eu queria era que tu brincasses comigo... mas tu eras muito crescida... sobrava o Vasco... ora muito amigos, ora à chapada. (E não, não mandei a sms da praxe... o drama!!)

E disse-to há um tempo, em resposta aqui no blog e repito... ter uma irmã é ter uma amiga para a vida. E nós... a nós ninguém nos separa, por muitas vezes que me tenhas obrigado a dormir, por muitas vezes que me tenhas virado ao contrário, por muitas vezes que eu tivesse sido uma grande chata... ad aeternum. :) E saber isso... saber isso vale uma vida!

Beijos enormes e Obrigada a ti!

Brigitte disse...

Parabens atrasados à mana!!!

:)

ianita disse...

Brigitte: não te atrasaste muito mais que o nosso irmão! (mas a culpa é minha que não o avisei!! LOL)

Beijinhos e obrigada!