26 de outubro de 2009

Desta ianita...

Há coisas que, por mais que me esforce, eu não entendo.

E a sério que me esforço. E muito. Mas continuo a não entender.

As pessoas continuam a surpreender-me, pela positiva e pela negativa. E eu-mesma... eu não sou a mesma que era há uma semana. Estou diferente. Não sei se melhor se pior. Apenas diferente. Estranhamente diferente. De um diferente que eu não esperava. De um diferente que me faz confusão. De um diferente que vai um pouco contra aquilo que eu sempre pensei de mim... implicando atitudes que nunca pensei ver em mim. Nem boas nem más. Apenas diferentes, distintas da ianita que conheço há tantos anos.

E não sei explicar isto que sou eu agora. Ainda estranho. Ainda duvido. Ainda me surpreendo tanto comigo que assusta.

Gostava de poder explicar o que está diferente, mas eu própria não o sei explicar bem. Apenas sei que estou efectivamente diferente. Nem mais nem menos que antes. Apenas diferente. Ainda ianita. Ainda eu. Mas um eu diferente.

Sim... um eu a dar em maluco com textos parvos e sem sentido. :)

À parte disso... dor nos pés depois de um dia em cima dos saltos fantásticos que comprei no Sábado, mas aquela dor que me deixa de sorriso nos lábios, porque os pés doíam, mas estavam fantásticos e eu fantástica com eles :) Felicidade por ter pessoas tão bonitas e simpáticas e divertidas e boas companhias na minha vida. Felicidade por ter uma família fantástica. Felicidade por poder fazer planos e concretizá-los. Felicidade por me saber certa no abandono de alguns sonhos em detrimento deste que vivo hoje. Voltando atrás, tomaria outra vez a mesma decisão. Voltando atrás, abandonaria o sonho outra vez. Prefiro viver. :)

8 comentários:

Sayuri disse...

Eu também já assumi posturas tão diferentes daquelas que eu achava que me definiam... faz parte do processo :)

Rice Man disse...

Muitas pessoas acabam relações com o argumento "Já não és a pessoa que conheci." sem nunca colocarem a hipótese de terem sido elas a mudar.

Mas apercebermo-nos da mudança é bom sinal. Significa que estamos conscientes dos nossos defeitos/qualidades. :)

Paulo Lontro disse...

O simples acto de dizeres "estou diferente" é já positivo.

A mudança nem sempre é "provocada", tantas vezes o meio faz com que uma pessoa possa mudar alguns comportamentos, não sei quais serão as razões no teu caso.

O que me parece é que a menina medrosa e insegura está a ficar mais segura com mais liberdade, tem mais amor-próprio e auto-estima, e sim, isso pode passar por mais viagens relaxadas, tardes com amigos, borboletas na barriga, e até, quem diria, saltos altos...

Parabéns Ana.
Carinho Lontro para ti.

ianita disse...

Sayuri: pois... penso que sim... que faz... mas custa... ou sou só eu?

Rice: mudar todos mudamos... crescemos... aprendemos... mas eu mudei tanto... em tão pouco tempo que me assusta. É só isso.

Paulo: não sei o que provocou a minha mudança. Até porque ainda não avaliei exactamente até onde é que esta mudança vai... e chego a ter medo de perceber de onde isto vem. Sim, continuo medrosa. Muito. Mas isso nunca me impediu de viver. Só tenho consciência do que posso perder... não quer dizer que não arrisque. Mas quando arrisco tenho consciência precisamente do "risco".

Amor próprio e auto-estima também tenho qb. Não me acho a 8ª maravilha do Mundo, mas tenho consciência do meu valor... estarei talvez mais adulta. Seja lá o que isso for... mas talvez seja um pouco isso. Mais adulta...

bono_poetry disse...

ora ai esta um post cheio de ti,ontem nao diria que sim hoje teria a certeza,e assim o arrojado acto de viver,eu sei que mudamos e eu sei que nos contrariamos,efectivamente ate sei que viver e bem melhor que nao o poder fazer,e tu menina de olhos grandes vai sim com a tua intensidade,viaja entre estrelas e cometas.entre risos e montanhas,vai sorrindo mesmo que as lagrimas aparecam e as duvidas te ocupem o espirito!! o melhor de nos e da vida esta sempre por descobrir,cada instante te diz isso!!goza o instante goza o indefinivel instante!!beijinho e sorri!!

im disse...

Existe sempre um acontecimento a provocar a mudança...até se pode não identificar o momento especifico mas ele existiu...agora cabe-te a ti aproveitar a onda, e mimar muito a nova Ianita...

Beijos

VG disse...

Podes estar diferente em algumas coisas, mas no plano afectivo da amizade continuas igual... 5 estrelas :)

ianita disse...

bono: e sigo viagem, mesmo que doa, mesmo que magoe... porque sei que a luz é o caminho e sei que além depois da curva há o pote de ouro e sei que a vida merece ser vivida... e eu vivo. Doa a quem doer :) I'm here for the ride!

im: sim :) muitos mimos para mim!!

VG: obrigada! :) mesmo... obrigada :) não há nada que signifique mais para mim que saber que sentes isso. Obrigada.