12 de janeiro de 2010

Ponto de interrogação

8 comentários:

Luisa Moreira disse...

Alguém entrou. Quem será?
Parece haver claridade.
São já oito horas certas.
Saíste de casa ás sete.
Terás esquecido a chave?

Ruy Cinatti

Beijinho

Luisa

Vera Angélico disse...

Andas muito misteriosa, pahhhhh...

Que passa????

(Conta-me tudo...)

Rice Man disse...

Lá misterioso é ele. :)

Se é uma pergunta que fazes, espero que te respondam com um ponto de exclamação positiva! ;)

Rui da Bica disse...

O meu rosto junto ao espelho,
e ainda assim não me vejo,
quem é esta que me olha
como quem está de partida?
Quem sou eu ?, é a pergunta
que me segue pela vida…

...............................

Você já contou estrelas?
E nuvens? E passarinhos?
Já contou quantos dedinhos
têm os pés da centopéia?
Já contou quantas histórias
cabem dentro das idéias?
Já pensou quantas bestagens
podem ser inteligentes?
Já contou quantos gemidos
cabem numa dor de dente?
Já pensou quantas mentiras
escondem certa verdade?
Quantas grades e gaiolas
trancam nossa liberdade?


(Autor: não fui eu)
.

Luisa Moreira disse...

Sabes, que me estás a deixar preocupada?

Mag disse...

Gostei. Andamos todos a par e passo.
Beijo

ianita disse...

Não tenho respostas... Gostava. Mas não tenho.

Mantenho a interrogação.

Obrigada.

Rui da Bica disse...

Pois não tens respostas, Ianita. E alguém tem ? ... Não !
...e quem é que, nesta vida, não encontre interrogações ?

O meu rosto junto ao espelho,
e ainda assim não me vejo,
quem é esta que me olha
como quem está de partida?
Quem sou eu ?, é a pergunta
que me segue pela vida…

Se nos interrogamos sobre nós próprios, como ter certezas, relativamente a tudo o resto ?
.