23 de junho de 2010

Objectivo cumprido

Só passou a ser um objectivo em fins de Março, inícios de Abril, quando percebi que tinha perdido algum peso. Basicamente, troquei massa, arroz, batatas, feijão, grão e pão, por salada. Carne e peixe, cozidos ou grelhados com salada. Não deixei os produtos lácteos. Não consigo. Muito menos o leite com Nesquick de manhã. Não como fruta. Nunca fui muito de comer fruta e é um mau hábito que continua. De vez em quando lá como qualquer coisa, mas longe das 2 a 3 peças de fruta por dia. Muita água. Custa-me, mas o calor veio ajudar à tarefa.

Quando tenho fome, bebo dois copos de água. E só quando volto a sentir fome é que como um iogurte de aromas ou bebo um yoggi líquido (nham nham!). Ao Domingo como o que me apetece. Incluindo sobremesa. Como do que houver e repito se tiver vontade. E como pão ao lanche. E há 3 semanas comi meia caixa de gelado :D.

À minha maneira, devagarinho, aos 500g por semana... parece pouco quando se fala em gramas, mas 500g por semana são 2kg no fim do mês. Ao fim de 6 meses seriam 12kg. Hoje é dia 23 de Junho e já foram 10,500kg. Atingi segunda-feira os 75kg a que me tinha proposto em fins de Março ou início de Abril, quando me pesei e vi que estava menos gorda 4kg.

Tenho noção que isto não vai baixar muito mais. Porque não vou deixar de comer o que me apetece ao Domingo, nem vou deixar de beber leite com Nesquick. Prefiro ser gorda. Do resto que como, já não posso cortar mais.

Gostava, objectivo cumprido, de o manter. Perfeito perfeito, era conseguir emagrecer mais uns 2kg até ao dia 10 de Julho, dia em que entro de férias e em que tenciono abandonar todas as dietas e comer o que me der na real gana... hamburguers, pizzas, bolas de berlim com creme, marisco muito marisco, gelados muitos gelados e tudo e tudo e tudo. E caipirinhas!!! E assim, engordava aqueles 2kg e voltava aos 75 :D

Sei que a maioria vai achar estúpido eu estar contente por pesar 75kg, mas quem me conhece sabe da luta que tem sido, do que me tenho esforçado para estar onde estou agora. Depois da doença, do controlo da doença, e agora o início da estabilização (assim o espero). Portanto, permitam-se estar felizes por mim. Mesmo eu continuando gorda. Mas estou menos gorda, e sem recorrer a médicos estranhos nem a comprimidos nem a mezinhas nem nada... só eu e a minha, às vezes periclitante, força de vontade.

Fica o registo, para a posteridade. Dia 23 de Junho de 2010, 75kg. E estou muito feliz.

8 comentários:

Sayuri disse...

Eu fico muito feliz por ti! E gosto de ti com 75, 95 ou 55.
Também gostaria de mim com 55... :)

So me faz confusão nao beberes agua quase nenhuma... eu hoje às 11 horas da manha já tinha despachado 1 litro (esta nem eu sei como!!)

ianita disse...

Sayuri: agora bebo... muita... por obrigação... mas bebo :)

Eu gosto mais de mim assim. Porque já posso usar vestidos sem me sentir uma baleia. Sou a mesma pessoa, mas o ter conseguido concretizar este objectivo deu-me ânimo e confiança em mim e na minha força.

Sou mais forte do que penso. Às vezes tenho de me relembrar da minha força :)

Obrigada e beijinhos! :)

Mag disse...

Eu estou contente por ti!
Mesmo não te conhecendo bem, aposto que tem sido uma batalha de forças de vontade extrema, e... tu tem-na vencido, aos poucos.

Os meus parabéns, Ianita!

Inês disse...

weeeeeeeeee!!! Be happy!

TM disse...

Muito Parabéns!!!!
A força de vontade é realmente uma coisa maravilhosa... :D

coisasdacleo disse...

Eu estou feliz por ti! Muito! Porque és uma mulher de garra. Sei o que custa manter a palavra e a dieta... Ainda para mais com problemas de saúde à mistura... mas está tudo a correr tão bem! Temos mais é que estar felizes por ti!! ***

Isandes disse...

parabéns!!!!! gd conquista, sim sra!
(mas atenção às férias: em cuba enfardei sem regra alguma e nunca mais consegui perder kg e meio k tanto m custou perder...)
truque: beber 1 copo de água morna em jejum, 15 min antes d pekeno almoço (se teu corpo deixar, põe 1s gotinhas d limão) - ajuda a eliminar e queimar gorduras
huge xuac!

ianita disse...

Obrigada a todas...

Tem sido uma batalha e nem sempre é fácil lutar contra o nosso corpo... não venci, só ganhei terreno.

Ainda assim, estou feliz :)

Obrigada!