6 de fevereiro de 2010

Cansada...

Muito.

Mais um dia a sair tarde.

Mais chatices. Muitas.

Mais dores de cabeça.

Mais a dor de costas que não me larga desde 3ª à noite.

Mais o meu primo que foi operado de urgência ao coração.

Mais uma data de coisas.

Foi bom terminar o dia com uma ida ao cinema com sister. Up in the air. Eu que nem sou de aviões. Nada. Adorei o filme e senti-me sozinha. Estranhamente. Mas depois do vazio, senti-me cheia. Das minhas pessoas. De fé na vida.O filme inquietou-me, é facto. E embora sinta muitas vezes ser mais uma na multidão, a verdade é que sei que há quem me veja.

É bom abrir o blog e ver esta foto. Sorrir ao lembrar-me o dia em que foi tirada. Sorrir ao lembrar-me das pessoas que estavam comigo. Uma fotografia tão cheia de pessoas, tão cheia de sorrisos. Tão cheia de partilhas. Quente. Acolhedora. É assim que me sinto quando a olho. Em casa.

E sinto aquele sol a derreter-me as dúvidas e a romper por entre o cansaço e o desânimo e arrancar-me um sorriso sentido. Muito sentido.

Continuo cansada. Mas mais feliz. Hoje vou dormir agarradinha a quem mais dias partilhou comigo. A quem mais lágrimas me ouviu. A cair de podre, mas a minha sempre fiel ursa azul traz-me uma calma inimaginável. Ela é também uma importante parte de mim.

2 comentários:

Mi disse...

O ser humano tem a magnífica capacidade de associar coisas boas a imagens, sons, sabores, cheiros... quando me sinto em baixo, vou procurá-los.
Também tenho um fiel companheiro...

ianita disse...

Mi: não faria sentido de outra forma, não era?

A minha fiel companheira está comigo desde o dia em que nasci...tem os mesmos anos que eu... embora em anos de ursa azul, quase 30 anos seja muito :)