23 de fevereiro de 2010

Cavaleiro andante

Nestas noite de frio/chuva/trovoada/relâmpagos, só me vale o meu cavaleiro andante e protector. Ou melhor, a minha ursa andante e protectora. Quer dizer... só é andante quando a ponho a andar. É verdade que tem os mesmos anos que eu, mas em anos de ursa isso dá muito mais. E está cheia de mazelas e experiência, o que a torna bem mais corajosa do que a ianita. E o facto de não ser humana e não ouvir nem ver nem sentir também ajuda a manter este ar de permanente serenidade. Pronto. Valha-me ela.

6 comentários:

Rui da Bica disse...

Ninguém diria !
Não lhe dava mais que 2 a 3 anos ! Muito limpinha e jovial...
Às vezes são uma óptima companhia !
:))

coisasdacleo disse...

Si senhora, está bem conservada essa Senhora =) Qualquer diz mostro-te a minha Azula =) É linda! E ainda tem um cheirinho que deve ser do plástico de que é feita a cabeça dela! Mas cheira bem! =)

ianita disse...

Rui: ficou bem na foto... o vestido já não é original e anda a perder esponja... :/ faz dia 27 de Março 30 anos... é uma vida!

Cleo: Azula? Que nome giro! Eu sou tão imaginativa que chamei a esta ursa azul: ursa azul!! :) lol!

Arte mágica disse...

Muito bem conservada para idade ;-)

TM disse...

Nada como o nosso "refúgio" para nos aninharmos quando nos sentimos mais sós e a precisar de um mimo...

ianita disse...

Arte mágica: sim... já foi à máquina d lavar e tudo! É uma resistente! :)

TM: precisamente! :) A ursa azul dá-me mimo como ninguém :)